PUBLICIDADE
Logo do

Santos

Meu time

Presidente do Santos diz que Carille adequou salário: "Outro patamar"

10 set 2021 12h17
ver comentários
Publicidade

O presidente do Santos, Andres Rueda, disse que o técnico Fábio Carille abriu mão de dinheiro para se adequar à realidade financeira do clube da Baixada Santista.

Carille recebia um salário muito alto no Al-Ittihad, da Arábia Saudita, antes de ser demitido. Os vencimentos no Peixe são consideravelmente inferiores.

"Nós pensamos em não trazer técnico estrangeiro, até pelo momento vivido. Precisávamos de alguém que conhecesse o Campeonato Brasileiro. Então foi fácil, Carille foi a nossa primeira opção e a conversa avançou rapidamente. Ele abriu mão dos vencimentos que tinha lá fora. Era outro patamar, não dava nem para conversar. Se adequou e estamos muito contentes. Acreditamos em um grande trabalho no Santos", disse Rueda, ao De Placa.

Fábio Carille assinou um contrato até dezembro de 2022, sem multa rescisória pré-estipulada. A estreia será contra o Bahia no sábado, na Vila Belmiro, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade