PUBLICIDADE

Relembre polêmicas envolvendo homofobia no esporte mundial

Publicidade
Yunel Escobar, jogador de beisebol do Toronto Blue Jays, causou polêmica nos Estados Unidos ao pintar uma frase homofóbica no rosto: "tu ere maricon". Mesmo com três jogos de suspensão, Escobar pagará cerca de US$ 83 mil a um projeto que trabalha para garantir tratamento justo a atletas, independentemente de sua orientação sexual. O jogador se desculpou, mas entrou para uma lista pouco glamourosa de esportistas que se envolveram em casos de homofobia. Relembre:
Yunel Escobar, jogador de beisebol do Toronto Blue Jays, causou polêmica nos Estados Unidos ao pintar uma frase homofóbica no rosto: "tu ere maricon". Mesmo com três jogos de suspensão, Escobar pagará cerca de US$ 83 mil a um projeto que trabalha para garantir tratamento justo a atletas, independentemente de sua orientação sexual. O jogador se desculpou, mas entrou para uma lista pouco glamourosa de esportistas que se envolveram em casos de homofobia. Relembre:
Foto: Getty Images
Publicidade