0

Dia tumultuado tem demissão e invasão de torcida no Paraná

19 mar 2019
23h55
atualizado às 23h55
  • separator
  • comentários

A terça-feira foi tumultuada para o Paraná Clube, com direito a invasão de torcida no treinamento e pedido de demissão do diretor de futebol e ídolo Marcos. A equipe paranista trabalhava de olho no confronto diante do Cianorte, quinta-feira, na Vila Capanema, quando foi surpreendida no Ninho da Gralha, em Quatro Barrras.

Torcedores invadiram o centro de treinamento e somente saíram após a chegada da Polícia Militar e da Guarda Municipal. Alguns conseguiram falar com o meia Maicosuel, um dos mais experientes do grupo e pivô de uma polêmica com Marcos.

O ex-goleiro havia pedido demissão horas antes alegando que o meia havia faltado com respeito, com agressões verbais antes da partida diante do FC Cascavel, no final de semana anterior. Além disso, o agora ex-diretor executivo de futebol revelou que pediu à diretoria do Tricolor que na renovasse o contrato do jogador por atitudes do mesmo em 2018, mas não foi ouvido, o que deu início a um desgaste irreversível.

O Paraná, por enquanto, segue sem um novo nome para função. Maicosuel, por sua vez, segue no departamento médico aguardando liberação para voltar a campo. O Tricolor da Vila busca a reabilitação para poder ter chances de seguir na Taça Dirceu Krüger.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade