1 evento ao vivo
Logo do Palmeiras
Foto: terra

Palmeiras

Três times já jogaram Série B e Libertadores no mesmo ano; relembre

21 nov 2012
07h44
atualizado às 07h44
  • separator
  • comentários

A principal competição continental da América vai receber um time da segunda divisão em 2012. Classificado por causa do título da Copa do Brasil, o Palmeiras terá que se dividir entre a Série B e a Copa Libertadores. Isso parece estranho, mas já aconteceu antes com três times brasileiros: Criciúma, Santo André e Paulista de Jundiaí fizeram isso e conseguiram pelo menos não passar vergonha entre os times sul-americanos.

Na segunda divisão e com Fernando, o Santo André enfrentou o Palmeiras, de Diego Souza, na Libertadores
Na segunda divisão e com Fernando, o Santo André enfrentou o Palmeiras, de Diego Souza, na Libertadores
Foto: Djalma Vassão / Gazeta Press

O Criciúma foi o primeiro a fazer isso, já que foi campeão da Copa do Brasil em 1991, após vencer o Grêmio na final, sob o comando do ainda desconhecido Luiz Felipe Scolari. No ano seguinte, com a vaga na Libertadores, o time catarinense fez bonito: eliminou o Sporting Cristal-PER nas oitavas e só foi vencido pelo São Paulo, que depois se consagrou campeão. Além disso, também em 1992, o Criciúma terminou a Série B em terceiro lugar e conquistou o acesso para a elite.

Já o Santo André surpreendeu o Flamengo na final da Copa do Brasil de 2004 e, dessa forma, conquistou a vaga na Libertadores. No ano seguinte, ironicamente, o time se tornou adversário do Palmeiras na fase de grupos. Com a liderança do Cerro Porteño-PAR no Grupo 4, as duas equipes brasileiras batalharam por uma vaga nas oitavas, que no final ficou com os palmeirenses. Mas o Santo André conseguiu a maior goleada da competição, com o 6 a 0 sobre o Deportivo Táchira. Depois, na Série B, a equipe do ABC Paulista chegou a se classificar para a fase de grupos, mas não conquistou o acesso.

Ainda em 2005, outra surpresa na Copa do Brasil veio da segunda divisão nacional: o Paulista de Jundiaí venceu o Fluminense na decisão e foi campeão. A equipe repetiu o Santo André: não superou a fase de grupos, mas teve uma vitória marcante - sobre o River Plate, por 2 a 1, em Jundiaí. E por pouco o Paulista não aproveitou a empolgação da Libertadores para subir na Série B: a equipe ficou em quinto lugar, atrás do América-RN apenas por causa do número de vitórias.

Mais um time poderia ter entrado no grupo seleto de Criciúma, Santo André, Paulista e Palmeiras: em 1999, o Juventude foi campeão da Copa do Brasil e depois caiu no Campeonato Brasileiro. Porém, com a criação da Copa João Havelange, o clube gaúcho permaneceu na elite em 2000 e também disputou a Libertadores. Também no grupo do Palmeiras, o Juventude foi eliminado na primeira fase na competição sul-americana. E no campeonato nacional a campanha foi igualmente ruim, já que o time ficou em 25º apenas.

Antes mesmo de cair oficialmente, o Palmeiras já especulou sobre a possibilidade de fazer dois times em 2013 - um para disputar a Série B e outro para a Copa Libertadores. Independente disso, o mais importante para a torcida certamente é repetir o Criciúma de 1992 - não passar vexame na Libertadores e ainda conquistar o acesso para a Série A. O exemplo está dado.

» Palmeiras 2002 ou Palmeiras 2012? Qual o menos pior entre os times rebaixados?

Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade