3 eventos ao vivo

Felipão admite que eliminação pressiona Palmeiras por título brasileiro

1 nov 2018
00h57
atualizado às 01h18
  • separator
  • 0
  • comentários

Fora da Copa Libertadores, o Palmeiras, líder do Campeonato Brasileiro restando sete rodadas para o final da competição, está pressionado pela necessidade de ser campeão. Quem afirma isso é o técnico Luiz Felipe Scolari, que falou sobre a sequência de jogos do Verdão e analisou o empate desta quarta-feira, diante do Boca Juniors, no Allianz Parque.

"Pressiona do jeito que vocês sabem (a eliminação). Uma equipe como o Palmeiras, com a capacidade que temos no nosso grupo, é pressionada a ganhar títulos e é isto que estamos fazendo", afirmou Felipão.

"Pegamos uma equipe com grande qualificação, o Boca soube jogar, fez a diferença no marcador porque até os 38, 40 minutos lá em Buenos Aires, teve uma chance. É muito qualificada na hora de finalizar, está bem organizada pelo Guillermo Schelotto. Temos de reconhecer que eles foram superiores. É recuperar os jogadores e continuar trabalhando", completou.

Nesta noite, o Verdão entrou em campo com a necessidade de reverter uma derrota por 2 a 0 sofrida na Bombonera, na última semana. Para complicar ainda mais, o Verdão saiu atrás no marcador logo aos 17 minutos do primeiro tempo, o que obrigava a equipe de Scolari a marcar quatro gols. Dois saíram na etapa final, mas Benedetto fechou o marcador.

"Eu estou acostumado a ganhar e perder, meu amigo. Tenho 30 e poucos anos de carreira, se não estivesse acostumado eu teria de trabalhar em outra coisa. O Boca foi melhor lá, não hoje. Hoje tivemos muita qualidade em todo o tempo e não fizemos o resultado. No 2 a 1, tivemos a chance de fazer o terceiro, mas não aconteceu. Eles tiveram a qualidade para empatar. Não estou preocupado com vitória, derrota, título. Tenho de trabalhar para ganhar, mas já tenho experiência e sou bem calejado".

O Palmeiras volta a campo neste sábado, em clássico contra o Santos, às 19h (de Brasília), novamente no Allianz Parque. O Verdão tem quatro pontos de vantagem sobre o vice-líder Flamengo. Contra o Peixe, Moisés será a única baixa palestrina por suspensão, enquanto Marcos Rocha e Jean, em transição física, são dúvidas.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade