PUBLICIDADE
Logo do Palmeiras

Palmeiras

Favoritar Time

Em qual momento o (quase) campeão Palmeiras deu a virada no Brasileirão?

O Palmeiras está com a mão na taça. Afinal, chegou aos 69 pontos após o 1 a 0 sobre o Fluminense

4 dez 2023 - 11h32
(atualizado às 14h51)
Compartilhar
Exibir comentários

O Palmeiras está com a mão na taça. Afinal, chegou aos 69 pontos após o 1 a 0 sobre o Fluminense.  E segue com diferença gigante no saldo de gols dos times com 66 pontos e que poderiam alcançá-lo (oito para o Atlético Mineiro e 15 para o Flamengo). Assim, apenas uma catástrofe nunca vista tiraria o título do Verdão, que deve, portanto, chegar ao bicampeonato, ao terceiro caneco nos últimos cinco anos e ao 12º na história (é o maior campeão).

Mas qual o momento que fez o time sair de 0,6% de título para conquistar um caneco que parecia improvável?

"A vitória por 4 a 3 credenciou o time para o título. Mas a goleada por 5 a 0 foi o jogo que virou a chave. Retomou a autoestima", disse Leandro Chaves  durante o programa Terrabolistas desta segunda-feira (4/12), em que ele é âncora.

"Considero que o time conseguiu muitas vitórias no fim, como Cruzeiro e Goiás. Mas vejo o 4 a 3 muito mais como o enterro do Botafogo. Ali, o time carioca, que estava com medo de ganhar o campeonato, ficou apavorado. Mas o jogo foi o 5 a 0 no São Paulo, da forma que foi e pelo saldo que o time fez e está sendo um diferencial neste momento", disse Aline Küller, repórter do Terra.

Foto: Jogada10

Mudanças importantes no Palmeiras

Convidado da semana do Terrabolistas, Gabriel Amorim, do Podporco e do L!, disse que a mudança tática imposta por Abel Ferreira foi determinante:

"Não acreditava no título, principalmente quando perdeu para o Atlético no Allianz. Até imaginei que o time era capaz de não pegar nem Libertadores, pois não vencia. Mas entrou Abel com uma nova formação, três zagueiros, Endrick e Breno Lopes no time titular. E o 4 a 3 absurdo contra o Botafogo. O time engrenou".

Já Fernanda Arantes, repórter do Terra e que também participou do Terrabolistas desta semana, disse que o pulo do gato do Palmeiras foi manter a sua qualidade de forma constante.

"Após o jogo com o Botafogo, já dava para ver que o Palmeiras seria o grande candidato do título. Mas o time sempre foi constante. Mas o Botafogo, com aquele início de campeonato, abafou tanto que a gente nao viu o equilibrio, o lider abriu 13 pontos. Cheguei até a dizer que o Palmeiras não merecia ser campeão. Errei. Em pontos é regularidade que vale. E o Palmeiras  comprovou isso".

Trabalho de Abel é exaltado

E o trabalho de Abel foi exaltado por Aline Küller.

"Este foi o título com a maior marca do Abel. Sem nunca desistir e muito constante. Um time da regularidade, nem sempre brilhante, mas eficaz. O plano do Abel é o trabalho".

Leandro Chaves lembrou do excepcional final de campanha do Palmeiras

"Foram 8 vitórias, um empate e uma única derrota para o Flamengo, no Rio. Há dez rodadas, chance de 0,6% com 44 pontos enquanto o Botafogo tinha 58. Que Abel ferreira siga no comando em 2024".

O Terrabolistas é um programa semanal do Terra, sempre às segundas-feiras, às 10h (de Brasília). Mas você pode acompanhar em qualquer momento. É só acompanhar no youtube ou clicando aqui embaixo.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: Twitter, Instagram e Facebook.'

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Publicidade