PUBLICIDADE
Logo do Palmeiras

Palmeiras

Favoritar Time

Com título brasileiro, dívida do Palmeiras com a Crefisa cai; veja quanto é hoje

Leila Pereira, atual presidente do Palmeiras e quem também comanda o banco, estima que a dívida seja zerada até o fim de dezembro de 2024

6 dez 2023 - 23h31
(atualizado em 7/12/2023 às 00h53)
Compartilhar
Exibir comentários
Presidente do Palmeiras Leila Pereira.
Presidente do Palmeiras Leila Pereira.
Foto: Alexandre Schneider/Getty Images / Getty Images

O Palmeiras é campeão do Brasileirão e a conquista vai ajudar a diretoria a chegar ainda mais próximo do fim da dívida com a Crefisa, sua principal patrocinadora.

Com o título, o time alviverde ganha um bônus de R$ 10 milhões da patrocinadora, segundo previsto em contrato. Valor que será automaticamente abatido do débito do clube.  

De acordo com o Conselho de Orientação e Fiscalização do Palmeiras, em outubro, a dívida estava em R$ 37,7 milhões. Nesse sentido, somente com o troféu, o valor cai para R$ 27,7 milhões.

Endrick e mais: Palmeiras pode ter elenco mais jovem campeão na Era Crefisa Endrick e mais: Palmeiras pode ter elenco mais jovem campeão na Era Crefisa

No final de 2019, a dívida chegou a quase R$ 172 milhões. O débito foi diminuindo a cada título conquistado pelo Palmeiras desde então. No período, foram 10 taças levantadas --9 no comando de Abel Ferreira.

A queda da dívida também foi impulsionada com a venda de alguns jogadores que ainda tinham ligação com a Crefisa, como foi o caso de Miguel Borja.

Leila Pereira, atual presidente do Palmeiras e quem também comanda o banco, pretende que a dívida seja zerada até o fim de dezembro de 2024, quando encerra seu mandato.

Vale tudo? Palmeirenses revelam o que fariam para Abel ficar em 2024:
Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade