PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Meu time

Com mais uma Libertadores, Anderson Barros pode permanecer no Palmeiras

Executivo de futebol tem contrato apenas até o fim do ano e interessa ao Vasco

29 nov 2021 18h27
| atualizado às 18h27
ver comentários
Publicidade

Embora criticado por parte da torcida por conta de seu perfil mais discreto e por sua política de austeridade financeira, Anderson Barros tem uma das gestões mais vitoriosas da história do Palmeiras, conquistado duas Libertadores, uma Copa do Brasil e um Paulistão como diretor executivo.

Anderson Barros chegou ao Palmeiras no fim de 2019 (Foto: Agência Palmeiras/Divulgação)
Anderson Barros chegou ao Palmeiras no fim de 2019 (Foto: Agência Palmeiras/Divulgação)
Foto: Lance!

Com contrato somente até o fim de 2021, Barros despertou o interesse do Vasco. Tal como as possíveis renovações de Felipe Melo e Jailson, a continuidade do diretor no Verdão depende da decisão de Leila Pereira. A nova presidente do Alviverde assume o cargo no dia 15 de dezembro.

O segundo título da Libertadores em menos de um ano pode ter dado a força necessária para que Barros permaneça no Palmeiras. Após a final contra o Flamengo, o técnico Abel Ferreira rasgou elogios ao diretor, afirmando que se trata do melhor profissional com quem trabalhou na área.

- Em primeiro lugar, gostaria de agradecer à comissão técnica e mais duas pessoas que foram fundamentais: o Cícero e o Anderson Barros, que é o diretor esportivo mais incrível com quem trabalhei. A Leila está em dúvidas e eu não tenho, ele deve ser o diretor esportivo do Palmeiras. Ele teve um trabalho absolutamente extraordinário. Ajudou muito, soube sempre ser sério e dizer aos jogadores o que ia passar. É uma honra trabalhar com o grande homem que ele é - disse Abel.

Anderson Barros chegou ao Palmeiras no fim de 2019, vindo do Botafogo, para substituir Alexandre Mattos no cargo de diretor executivo.

Lance!
Publicidade
Publicidade