PUBLICIDADE

Stefannie Koyama leva ouro em seu primeiro Grand Slam na carreira

10 mar 2017 13h02
ver comentários
Publicidade

Na primeira manhã de finais do Grand Slam de Baku, no Azerbaijão, o Brasil conseguiu uma medalha de ouro surpreendente. Stefannie Koyama, de apenas 21 anos e em sua primeira competição do nível de um Slam, venceu favoritas e subiu ao lugar mais alto do pódio na categoria ligeiro (até 48kg).

Stefannie foi arrasadora em suas duas primeiras lutas. Contra a atleta da casa Aisha Gurbanli e contra a ucraniana Maryna Cherniak, a brasileira venceu com ippon. Já na semifinal, no duelo contra Taciana Lima, brasileira que representa a Guiné-Bissau e é campeã africana, Koyama conseguiu dois wazari e, na sequência, o ippon, se classificando para a grande decisão.

Na final, a brasileira encarou a sérvia Milica Nikolic. Tomando a iniciativa no confronto, Koyama conseguiu dois wazari, um a 1min40s e outro a 50s do final em golpes semelhantes. Nos segundos finais de luta, a adversária tentou manobras desesperadas, mas não conseguiu pontuar e acabou derrotada pela jovem, que levou a primeira e única medalha do dia para o Brasil.

Campeã olímpica do ligeiro em Londres 2012, Sarah Menezes não conseguiu medalhar no meio leve (até 52kg). A brasileira venceu a azeri Nakazat Azivova na primeira luta por wazari e a polonesa Karolina Pienkowska na segunda por punições. Derrotada pela romena caméã Alexandra-Larisa Florian na semifinal, a brasileira acabou perdendo por wazari para a eslovena Anja Stangar na disputa pelo bronze e ficou na quinta colocação.

O mesmo ocorreu com Eric Takabatake. No ligeiro masculino (até 60kg), Eric venceu suas duas primeiras lutas, mas perdeu no golden score da semifinal e foi imobilizado por Okhan Safarov, judoca da casa, na luta que valia o terceiro lugar.

Já Gilmara Prudêncio, no peso leve (até 57kg), acabou derrotada logo em sua segunda luta. Na repescagem, um ippon sobre a azeri Leyla Shanin lhe deu a oportunidade de lutar pelo bronze. Contra a polonesa Julia Kowalczyk, um ippon fulminante a 1min30s do final tirou as chances de medalha da brasileira.

As competições no tatame de Baku voltam neste sábado, com Alex Pombo competindo no peso leve (até 73 kg) e Eduardo Yudi representando o Brasil no meio médio (até 81 kg). No domingo, cinco judocas brasileiros lutam: Melina Scardua, Samanta Soares, Camila Yamakawa, Bruno Mendonça e Rafael Silva.

Confira a programação:

Sábado (11 de março):

Peso leve (até 73 kg) - Alex Pombo x vencedor de Yeldos Zhumakanov (KAZ) x Telman Valiyev (AZE)

Peso meio médio (até 81 kg) - Eduardo Yudi x Kenya Kohara (JPN)

Domingo (12 de março):

Peso meio pesado (até 78 kg) - Melina Scardua x Gunel Hasanli (AZE) e Samanta Soares x Mehriban Imamzada (AZE)

Peso pesado (+78kg) - Camila Yamakawa x Shams Hajiyeva (AZE)

Peso médio (até 90 kg) - Bruno Mendonça x Tural Safguliyev (AZE)

Peso pesado (+100 kg) - Rafael Silva x vencedor de Guram Thsishvli (GEO) x Aykhan Jafarov (AZE)

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade