PUBLICIDADE

Mayra Aguiar lamenta derrota na semi e afirma discordar de punição

11 ago 2016 22h03
ver comentários
Publicidade

A judoca Mayra Aguiar conquistou nesta quinta-feira uma comemorada medalha de bronze na categoria meio-pesado (até 78 kg). O resultado, no entanto, poderia ter sido melhor se a atleta não tivesse tomado uma contestada punição (shido) ainda na disputa das semifinais da competição.

Horas após a disputa do torneio, a judoca explicou o motivo de sua punição, mas afirmou não saber se realmente havia feito o movimento que a levou a ficar de fora da final. "Na verdade, é uma punição em que tu pega na tua própria calça pra tirar a pegada (do rival), só que a minha impressão foi que eu não peguei, que eu só me apoiei na calça e tirei, então eu tenho que avaliar de novo o vídeo, mas foi uma tristeza", declarou ao Sportv.

Após ter acesso às imagens da luta, Mayra constatou que não merecia a punição, mas preferiu não se alongar no assunto e creditou a derrota na semifinal para a francesa Audrey Tcheumeo à uma estratégia errada adotada.

"Realmente eu não peguei na calça. Mas eu acho que eu demorei pra entrar na luta, também. Eu fui com uma estratégia de luta, pensando muito na pegada dela, ela estava me incomodando muito com a pegada. Mas faz parte do esporte, o negócio é aprender com os erros também ou com as situações", completou a judoca, que também foi bronze em Londres 2012, na mesma categoria.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade