0

Érika Miranda leva o ouro no primeiro dia do Grand Slam da Rússia

20 mai 2017
13h22
  • separator
  • 0
  • comentários

O Brasil começou com conquistas no primeiro dia de competições no Grand Slam de Judô, em Ecaterimburgo, na Rússia. Entre as medalhas vencidas, destaque para Érika Miranda, que na categoria até 52kg levou o ouro. Duas pratas também foram conquistadas no masculino, com Chales Chibana e Marcelo Contini, além de dois bronzes, de Rafaela Silva e Mariana Silva.

Começando com tudo nas fases preliminares, Érika eliminou as rivais Olga Titovam da Rússia, e Darya Skrpynik, da Bielorrúsia, para avançar rumo ao lugar mais alto do pódio. Sua oponente da semifinal foi a russa Natalia Kuziutina, medalhista de bronze nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016. A brasileira conseguiu aplicar um wazari para chegar até a luta que valia o título.

Alesya Kuznetsova foi a adversária na final, e apesar de ter levado um wazari, Érika conseguiu virar a pontuação a seu favor para faturar o ouro, seu quarto título de Grand Slam na carreira.

Chales Chibana competiu pela categoria até 66kg, e após eliminar seus adversários até a final, o judoca foi superado por Abdula Abdulzhalilov, para ficar com a prata. A mesma trajetória foi traçada por Marcelo Contini, na categoria até 73kg, perdendo a decisão para o japonês Soichi Hachimoto.

A campeã olímpica Rafaela Silva, na classe até 57kg, acabou derrotada nas quartas de final e foi para a repescagem, em busca do bronze, e conseguiu um lugar no pódio, vencendo na luta que definiu a medalha, a judoca Enkhriilen Lkhagvatogoo, da Mongólia.

Mariana Silva, nos 63kg, fechou as medalhas para brasileiros no dia, ganhando o bronze diante da canadense Stefanie Tremblay. O Grand Slam de Ecaterimburgo retorna na madrugada deste domingo, com mais brasileiros em ação.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade