1 evento ao vivo

Holyfield aquece rumores sobre nova luta contra Tyson

17 mai 2020
10h33
atualizado às 10h48
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Foto: Reuters

Evander Holyfield e Mike Tyson agitaram o mundo dos esportes durante a quarentena. Os ex-pugilistas, ambos com mais de 50 anos de idade, postaram no Instagram vídeos treinando em alta intensidade, e foi suficiente para gerar nos fãs de boxe e na imprensa a esperança de ver um terceiro duelo entre os dois no ringue.

Em entrevista ao podcast norte americano The 3 Point Conversion, Holyfield confirmou os boatos e disse que o reencontro já é discutido entre os representantes das duas partes. "O pessoal dele conversou com o meu pessoal. Ainda não temos um acordo sólido, mas está caminhando para isso", afirmou.

"Se acontecer, não tem problema. A questão é que ele estava fazendo suas coisas e eu estava fazendo as minhas. Quando contei às pessoas, elas me viram treinando e meio que chegaram a essa conclusão. As equipes tem que trabalhar juntas para que aconteça. Eu não me importo se fizermos algo assim", completou o ex-lutador.

A rivalidade entre dois dos maiores pugilistas mudou de patamar em 1997. Durante uma luta, Mike Tyson (esq.) arrancou parte da orelha de Evander Holyfield. Antes disso, Holyfield havia surpreendido ao nocautear Tyson na primeira batalha entre eles

Holyfield e Tyson, dois dos maiores pesos-pesados da história do boxes, já se enfrentaram duas vezes. A primeira foi em 1996, quando Tyson fazia a defesa inédita do cinturão da categoria e acabou derrotado por nocaute.

A segunda, essa a mais famosa, ocorreu no ano seguinte e entrou para a história como um dos momentos mais bizarros do esporte. No terceiro assalto, em um ataque de fúria, Tyson mordeu a orelha de Holyfield e foi desqualificado.

Atualmente, os dois deixaram as desavenças para trás e são amigos. Uma nova luta, garante Holyfield, não teria gosto de revanche e muito menos será feita por dinheiro. "Eu dizia às pessoas que queria fazer exposições. Isso significa que com a minha fundação, a Holyfield Foundation, eu quero ajudar crianças carentes. Eu quero voltar e ser capaz de mostrar às crianças que se você cuida do seu corpo enquanto é jovem, se você não tem maus hábitos, isso irá te ajudar na velhice", disse o ex-campeão.

Veja também:

Reta final da temporada traz mais incertezas para os clubes brasileiros
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade