PUBLICIDADE
Logo do

São Paulo

Meu time

São Paulo sonda atacante do Talleres, mas valores desanimam o clube

Nahuel Bastos tem se destacado no Talleres, da Argentina, e foi sondado pelo Tricolor. Pedida da equipe de Córdoba é alta e desanimou a cúpula são-paulina

31 dez 2019
0comentários
Publicidade

A diretoria do São Paulo manifestou interesse em contratar o jovem Nahuel Bustos, de apenas 21 anos, do Talleres, da Argentina. O atacante é um dos destaques da equipe de Córdoba e chamou a atenção do Tricolor. O negócio, no entanto, não avançou por conta dos valores pedidos pelos argentinos, considerados altíssimos pelos gestores do clube do Morumbi.

Destaque do Talleres, Nahuel entrou na mira do São Paulo(Divulgação)
Destaque do Talleres, Nahuel entrou na mira do São Paulo(Divulgação)
Foto: Lance!

Convocado para defender a seleção argentina no Pré-Olímpico, Bustos agrada a comissão técnica comandada por Fernando Diniz por conta das suas características de jogo. Os cartolas do Tricolor também ficaram interessados por conta da baixa idade do atleta, o que aumenta seu valor de mercado em uma possível venda futura. A informação foi publicada inicialmente pelo UOL e confirmada pelo L!De acordo com a imprensa argentina, o River Plate também está interessado em contratar o jovem destaque do Talleres. Ciente da especulação em cima de Bustos, a diretoria do clube de Córdoba aumentou a pedida pelo jogador. Estima-se que os valores sejam em torno de R$ 15 milhões, valor considerado alto para os atuais padrões do São Paulo.

Vale lembrar que o clube do Morumbi se endividou nesta temporada e há a possibilidade de fechar o ano com um déficit de R$ 180 milhões. Por isso, o alto investimento para tirar Bustos do futebol argentino foi descartado, pelo menos neste momento.

Apesar das dificuldades financeiras, o São Paulo se movimenta nos bastidores atrás de um meias e atacantes com poder ofensivo. Em 2019, o clube registrou seu pior desempenho ofensivo da história, com apenas 56 gols em 60 partidas oficiais - média de 0.93 gols por partida. Por isso, a necessidade de jogadores de com alto poder de finalização para 2020.

Lance!
Publicidade
Publicidade