0

Renato Gaúcho diz que vai torcer pelo Fla se Grêmio cair

1 out 2019
19h33
atualizado às 19h42
  • separator
  • 0
  • comentários

Naturalmente, Renato Gaúcho seria um dos maiores personagens de qualquer confronto grande de Libertadores em que está envolvido. Contra o Flamengo, então, aumenta mais ainda o valor da presença do técnico do Grêmio. Seja pelo seu passado, como jogador ou rival do Rubro-Negro, ou pelo fato de que anualmente seu nome é ligado a uma transferência ao Ninho do Urubu. Renato nunca escondeu o desejo de treinar o Flamengo. Mas nunca concretizou o sonho. Nesta quarta-feira, Grêmio e Flamengo fazem o primeiro jogo da semifinal de 2019, às 21h30, na Arena do Grêmio. Portaluppi prometeu ser fiel ao estilo ofensivo do Grêmio e revelou: se for eliminado, sua torcida será para o Flamengo na decisão.

Renato Gaúcho durante coletiva nesta terça-feira (Lucas Uebel/Grêmio)
Renato Gaúcho durante coletiva nesta terça-feira (Lucas Uebel/Grêmio)
Foto: LANCE!

- Temos tudo para ter grandes chances de gol nos dois jogos. Aí cabe aos jogadores aproveitarem as oportunidades. Da maneira que jogam, pode ter certeza que oportunidades, "uuuuh" da torcida não vai faltar. São as equipes que buscam o gol o tempo todo. Temos tudo para ter uma belíssima partida de futebol. O futebol brasileiro vai estar bem representado. Vou fazer de tudo para que o Grêmio passe, mas se não passar, vou ser torcedor do Flamengo. Ainda mais contra argentino - disse.

Nas últimas semanas, Renato Gaúcho tem lançado frases provocativas para Jorge Jesus, técnico do Flamengo. Em coletiva nesta terça, ele reiterou o bom trabalho do português, salientou a vontade de ver mais estrangeiros no futebol brasileiro, mas ponderou: Jesus não venceu nada ainda no futebol brasileiro.

- Embate normal, ninguém está menosprezando ninguém, tenho maior respeito pelo Jesus. A única coisa que falei que está fazendo um trabalho de quatro meses, tem um grande elenco, caríssimo. Um excelente trabalho, mas o Flamengo não ganhou nada até então. Pode comparar Renato com Jesus, mas o Grêmio está ganhando há três anos. Não é o favorito, é o Flamengo. Está fazendo um bom trabalho lá, eu aqui no Grêmio. As duas equipes jogam para frente, um futebol bonito. Tenho certeza nas duas partidas que vamos ver um futebol competitivo, bonito, equipes buscando o gol, bem diferente de jogos com equipes que se defendem quando jogam contra o Grêmio. Dar os parabéns pelo trabalho que ele vem fazendo. Sempre apoiei os estrangeiros aqui, é só mostrar competência. Só que, é um fato, o Grêmio vem ganhando. O Santos e o Flamengo ainda não ganharam. Mas nem por isso vamos falar que não são bons treinadores - afirmou Renato, que garantiu saber os pontos fracos do rival rubro-negro.

- O Flamengo tem seus defeitos, como todas as equipes. Fiquei uma hora passando vídeo com o meu grupo, falando os pontos fracos, apesar que são poucos. E apontei os pontos fortes da equipe do Flamengo. Tiveram mais de atenção em relação ao Flamengo, pelo que venho falando, a qualidade do elenco do Flamengo. Fica difícil marcar o time, são muitos jogadores diferenciados. Mas para isso preparei minha equipe. Para enfrentar esse Flamengo poderoso, mas que também tem seus pontos fracos".

Renato também falou sobre a situação do volante Maicon. Dúvida para a partida devido às dores musculares que tem sentido nos últimos dias, a presença do jogador é considerada "fundamental" dentro do vestiário. O Grêmio não divulga informações sobre o departamento médico e o comandante optou por fazer mistério.

- Maicon é jogador importante para nosso grupo, mas temos um grupo. Nem sempre vamos conseguir jogar com a mesma equipe. O Grêmio está em uma semifinal porque tem um grupo. O grupo é muito bom. Lógico que esperamos ter todo mundo à disposição, com ritmo, 100%. Mas no futebol é praticamente impossível. O Flamengo está com sorte, com todos à disposição. O Grêmio tem problemas médicos. Mas faz parte, não vou lamentar aqui porque o Grêmio tem algum jogador no departamento médico, tem um grupo.

Veja também:

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade