1 evento ao vivo

Palmeiras empata no Paraguai e encaminha classificação

Verdão fica na igualdade sem gols diante do Guaraní, no Defensores del Chaco, e precisa de um ponto em dois jogos para avançar ao mata-mata

23 set 2020
23h24
atualizado às 23h30
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Palmeiras encaminhou a classificação às oitavas de final da Copa Libertadores ao empatar sem gols com o Guaraní, no Paraguai. O resultado mantém a equipe invicta há 17 partidas consecutivas, independente do torneio.

O Alviverde chega a dez pontos no Grupo B, mantém a liderança e o Guaraní fica em segundo, com sete. Um empate na quarta-feira (30) contra o Bolívar, no Allianz Parque, garante a classificação ao time brasileiro.

Guaraní e Palmeiras jogaram pela Libertadores, em Assunção (Foto: AFP)
Guaraní e Palmeiras jogaram pela Libertadores, em Assunção (Foto: AFP)
Foto: LANCE!

Vanderlei Luxemburgo optou pelas Crias da Academia entre os titulares e três iniciaram o confronto: Danilo, Gabriel Menino e Gabriel Veron. Foi apenas a segunda vez na temporada que isso aconteceu e a outra tinha sido diante do São Paulo, no Paulistão, com o trio formado por Vitor Luis, Menino e Veron.

Com um time mais leve na formação, o Verdão não conseguiu apresentar um bom desempenho em campo, mais uma vez. Com uma equipe espaçada, foi presa fácil para a marcação dos paraguaios no primeiro tempo.

Os donos da casa levaram perigo ao gol de Weverton em um chute de Fernando Fernández, que beliscou a trave palmeirense. Do outro lado, a melhor chance da primeira etapa apareceu com Gabriel Menino, em chute de longa distância.

No segundo tempo, o Guaraní conseguiu boas oportunidades depois de erros na saída de bola do Palmeiras. Primeiro, Danilo tocou errado no meio e Morel só não marcou por conta de boa defesa de Weverton. Em outra saída desastrada, Cecílio Dominguez chutou para fora.

FICHA TÉCNICA

GUARANÍ (PAR) 0X0 PALMEIRAS

Local: Defensores del Chaco, Assunção (PAR)

Árbitro: Nestor Pitana (Fifa/ARG)

Renda e público: portões fechados

Assistentes: Carlos Barreiro e Martín Soppi, ambos da Argentina

Cartões amarelos: Jorge Morel e Jhohan Romaña (GUA); Wesely (PAL)

GUARANÍ (PAR): Gaspar Servio; Iván Ramírez, Javier Baéz, Jhohan Romaña e Miguel Benítez; Rodney Redes (Maná, 37'/2ºT), Rodrigo Fernández, Jorge Morel (Ángel Benitez,37'/2ºT) e José Florentín (Cecílio Dominguez,16'/2ºT); Bautista Merlini e Fernando Fernández. Técnico: Gustavo Costas

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Matías Viña; Danilo (Ramires, 24'/2ºT), Gabriel Menino (Bruno Henrique, 34'/2ºT), Zé Rafael e Lucas Lima (Raphael Veiga, 24'/2ºT); Gabriel Veron (Wesley, 16'/2ºT) e Luiz Adriano (Willian, 16'/2ºT). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

 

Veja também:

Relembre goleadas marcantes na história do futebol
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade