0

No 2º turno, Verdão terá, no máximo, 72% dos pontos de melhor momento

Mesmo disputando somente o Campeonato Brasileiro agora, Palmeiras ficou longe de repetir a arrancada das nove primeiras rodadas, antes da pausa para a Copa América

21 out 2019
07h05
atualizado às 08h26
  • separator
  • 0
  • comentários

O Palmeiras está a dez pontos do Flamengo, e essa distância para o líder poderia ser menor se o time repetisse o que já fez neste Campeonato Brasileiro. Em seu melhor momento, nas nove primeiras rodadas, o Verdão somou 25 pontos de 27 possíveis. Diante dos mesmos adversários, acumulará, no máximo, 72% desses pontos no segundo turno.

O Palmeiras de Bruno Henrique ficou longe de repetir a arrancada do primeiro turno (Agência Palmeiras/Divulgação)
O Palmeiras de Bruno Henrique ficou longe de repetir a arrancada do primeiro turno (Agência Palmeiras/Divulgação)
Foto: Lance!

Pela nona rodada desta metade final da competição, o Verdão enfrenta o Avaí, em Santa Catarina. O último adversário que enfrentou na arrancada antes da pausa da competição por conta da Copa América. Até agora, em oito rodadas neste turno, somou 15 de 24 possíveis. No primeiro turno, acumulou 22.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

Nessas oito rodadas, o Verdão somou 62,5% dos pontos que disputou. Caso vença o Avaí, chegará a um aproveitamento de 66,6%. Muito abaixo dos 92,5% que alcançou nas primeiras rodadas.

Supondo que ganhe no domingo, a diferença do desempenho no primeiro para o segundo turno será de sete pontos (25 pontos contra 18). Ou seja: se repetisse aquela eficiência, ficaria a três do Flamengo, com dez partidas a serem disputadas depois da rodada no fim de semana.

Uma desvantagem em relação ao primeiro turno é o número de compromissos como mandante: cinco antes da Copa América, quatro agora. Porém, com Luiz Felipe Scolari, a equipe disputou aquelas nove primeiras rodadas disputando, simultaneamente, Copa do Brasil e Libertadores. Neste momento, Mano Menezes tem somente o Campeonato Brasileiro para jogar.

Mesmo com uma partida ainda a disputar para igualar a sequência do primeiro semestre, o desempenho já é bem pior em outros quesitos. Fora os resultados (oito vitórias e um empate no primeiro turno, quatro vitórias, três empates e uma derrota até agora), houve queda defensiva e ofensiva. Na arrancada com Felipão, 17 gols feitos e um sofrido. No momento, balançou as redes 12 vezes (metade em goleada diante do CSA) e levou sete.

Confira abaixo a tabela comparando as nove primeiras rodadas de cada turno:

Nove primeiras rodadas do primeiro turno

28/4 - Palmeiras 4 x 0 Fortaleza
1/5 - CSA 1 x 1 Palmeiras
4/5 - Palmeiras 1 x 0 Inter
12/5 - Atlético-MG 0 x 2 Palmeiras
18/5 - Palmeiras 4 x 0 Santos
25/5 - Botafogo 0 x 1 Palmeiras
2/6 - Chapecoense 1 x 2 Palmeiras
8/6 - Palmeiras 1 x 0 Athletico-PR
13/6 - Palmeiras 2 x 0 Avaí

Saldo: 25 pontos (92,5% de aproveitamento), 8 vitórias, 1 empate, 17 gols feitos e 1 sofrido

Segundo turno (até agora)

22/9 - Fortaleza 0 x 1 Palmeiras
26/9 - Palmeiras 6 x 2 CSA
29/9 - Inter 1 x 1 Palmeiras
6/10 - Palmeiras 1 x 1 Atlético-MG
9/10 - Santos 2 x 0 Palmeiras
12/10 - Palmeiras 1 x 0 Botafogo
16/10 - Palmeiras 1 x 0 Chapecoense
20/10 - Athletico-PR 1 x 1 Palmeiras
27/10 - Avaí x Palmeiras

Saldo: 15 pontos (62,5% de aproveitamento), 4 vitórias, 3 empates, 1 derrota, 12 gols feitos e 7 sofridos

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade