0

Iniesta não descarta seguir atuando pela Espanha após a Copa do Mundo

Meia, de 34 anos, acredita que terá condições físicas para continuar jogando pela Fúria

5 jun 2018
16h15
atualizado às 16h36
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A saída de Andrés Iniesta do Barcelona ao fim da última temporada poderia indicar a aposentadoria do meia da seleção após a Copa do Mundo da Rússia. Em entrevista coletiva nesta terça-feira, o meia não descartou a chance de continuar atuando pela Fúria.

Iniesta trocou o Barcelona pelo Vissel Kobe, do Japão (Foto: Marco Bertorello / AFP)
Iniesta trocou o Barcelona pelo Vissel Kobe, do Japão (Foto: Marco Bertorello / AFP)
Foto: Lance!

- Não viria pelo que fiz, mas porque estou em condições. É certo que este Mundial pode ser a minha última aparição com a seleção, mas, assim que acabar, vou analisar tudo e começar em meu novo destino. Veremos as circunstâncias. Não descarto continuar, mas é muito difícil porque sempre tive uma vida entre Barcelona e seleção.
Aos 34 anos, Iniesta trocou o Barcelona pelo Vissel Kobe, do Japão. O meia afirmou ainda que uma possível despedida da seleção não interferirá no seu rendimento em campo.

- Não quero ter na cabeça que será o último, e sim encará-lo como o primeiro. É um desafio muito grande após as decepções na última Eurocopa e Mundial.

Nesta terça-feira, Iniesta recebeu do primeiro ministro da Espanha, Pedro Sánchez, a Cruz de Honra ao Mérito Esportivo, uma condecoração oferecida pelo governo a atletas com grandes feitos na carreira.

A Espanha fará um amistoso antes da Copa do Mundo. No dia 9 de junho, a Fúria enfrenta a Tunísia. A estreia no Mundial será em 15 de junho, contra Portugal, em Sochi. Irã e Marrocos completam a fase de grupos.

Veja também:

Colunista do L! critica perseguição por parte da torcida do Corinthians ao goleiro Cássio
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade