0

Inglaterra e Bélgica: vitória na 2ª rodada alivia e abre leque de opções

Europeus podem garantir classificação caso vençam Panamá e Tunísia, respectivamente. Assim, confronto mais esperado do grupo serviria como teste para oitavas de final

21 jun 2018
11h32
  • separator
  • comentários

O Grupo G da Copa do Mundo, assim como o B de Espanha e Portugal, conta com duas grandes seleções europeias brigando pelo posto de primeiro colocado. Mas, em compensação, os outros dois adversários são modestos e praticamente não têm esperanças de classificação. E a tabela ajuda. Caso Inglaterra e Bélgica vençam os próximos jogos, contra Panamá e Tunísia, respectivamente, garantem a vaga nas oitavas de final e podem usar o jogo mais esperado para testar opções para o mata-mata.

Trippier foi um dos destaques da Inglaterra na estreia contra a Tunísia
Trippier foi um dos destaques da Inglaterra na estreia contra a Tunísia
Foto: Lance!

A partida não da terceira rodada não será amistosa - longe disso. Caso tropecem, precisarão somar pontos a qualquer custo. Mas, caso já estejam classificadas, a disputa pelo primeiro lugar do grupo também promete ser grande. E na única partida em que 'podem' em uma Copa do Mundo, os treinadores Gareth Southgate e Roberto Martínez ganham uma chance de testarem bons jogadores do banco de reservas.

Do lado dos ingleses, o técnico utiliza uma formação com três zagueiros. Basicamente um 3-4-3. Nas alas, Trippier, lateral de origem, ocupa o lado direito. Na esquerda, Ashley Young 'quebra um galho'. O jogador do Manchester United é na verdade um meia-atacante, destro, e se adaptou ao esquema. No banco, Southgate conta com nomes como Danny Rose e Delph, que também se encaixam na posição e podem ser testados. No meio, Eric Dier, do Tottenham, pode ser usado no lugar de Henderson. E na frente, a dupla James Vardy e Marcus Rashford só não é titular por conta do grande momento de Sterling e Harry Kane.

Na Bélgica, o banco é recheado de boas opções. O titular Komoany, que não jogou a estreia por lesão, deve voltar na terceira rodada para pegar ritmo de jogo. E Roberto Martínez pode dar minutos a alguns garotos promissores: Tielemans, volante, é reserva de Witsel; Thorgan Hazard, irmão mais novo de Eden Hazard, faz função parecida; Batshuayi é a sombra do centroavante Lukaku. Ainda há no elenco o promissor Januzaj, meia criativo, que pode ser uma alternativa caso De Bruyne precise ser poupado.

De qualquer forma, uma vitória na próxima rodada contra Panamá e Bélgica aliviaram e muito o trabalho dos técnicos Southgate e Martínez. Os europeus não só passariam bem no grupo, como chegariam 100% fisicamente e com boas alternativas de jogo nas oitavas de final. Mas, para isso, precisam dos três pontos neste fim de semana.

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade