PUBLICIDADE
Logo do

Fluminense

Meu time

Ganso precisa de oito jogos a menos para ultrapassar os 360 minutos e tenta se firmar no Fluminense

Meia foi bem na semifinal diante da Portuguesa e pode começar a ganhar mais espaço no time do técnico Roger Machado

4 mai 2021
0comentários
Publicidade

Os últimos dois meses do Fluminense tem sido intensos e repletos de mudanças. Um dos jogadores que tenta manter a regularidade dentro da maratona é o meia Paulo Henrique Ganso. Depois de superar um ano de lesões e pouco espaço, o jogador atingiu em sete partidas a quantidade de minutos que demorou 15 jogos na última temporada para fazer. E vem sendo mais participativo, com três gols e uma assistência até aqui.

Ganso, durante partida entre Fluminense e Portuguesa (Foto: Mailson Santana/Fluminense FC)
Ganso, durante partida entre Fluminense e Portuguesa (Foto: Mailson Santana/Fluminense FC)
Foto: Lance!

Na partida diante do Madureira, ele começou no banco, entrou no segundo tempo e foi responsável por tornar uma partida lenta e sem emoções em uma goleada, marcando uma vez e dando o passe para Gabriel Teixeira deixar o dele. Já na semifinal contra a Portuguesa, o camisa 10 foi titular e novamente teve boa apresentação, desta vez com 89 minutos em campo. Voltou a jogar como "falso 9" e apareceu em momentos chave.

A regularidade é, de fato, um dos problemas de Ganso ao longo de sua passagem pelo Fluminense. Ora por pouco espaço ou lesões, ora por não entregar aquilo que é esperado, o meia já se coloca como um dos reservas importantes de Roger Machado. Se nos primeiros jogos ele ficou escondido e brilhou pouco, chegando até a ser barrado na estreia da Libertadores, agora pode ser um aditivo importante para a sequência.

Em termos de números, Ganso teve 404 minutos em 15 jogos na última temporada, sendo apenas dois como titular e, destes, começou e terminou a partida em campo só uma vez. Não marcou gols nesse período. Já neste ano, foram 366 minutos em sete jogos, marcando três gols e dando uma assistência. Foi titular quatro vezes e jogou os 90 minutos em uma oportunidade.

De acordo com o "SofaScore", no jogo deste domingo do Estadual, o atleta teve precisão de 86% nos passes, quatro passes decisivos, duas finalizações, ambas no gol, e uma bloqueada, além de uma grande chance perdida. Sofreu três faltas, fez um desarme e uma interceptação, além de causar o pênalti para a Portuguesa no início do confronto.

- Estou super preparado. Nosso elenco é muito forte, recebemos jogadores para melhorar ainda mais a qualidade. Mas quem entrar em campo vai estar preparado - disse o jogador após o empate por 1 a 1 contra a Portuguesa.

Depois do primeiro jogo da semifinal, o Fluminense volta as atenções novamente à Libertadores. O grupo viaja para a Colômbia já nesta terça-feira à tarde e enfrenta o Junior Barranquilla na quinta, às 19h (de Brasília), pela terceira rodada. No próximo domingo terá o duelo de volta do Estadual, com a possibilidade de entrar em campo novamente com alguns reservas.

Lance!
Publicidade
Publicidade