PUBLICIDADE

Flamengo goleia Unión La Calera e segue 100% na Libertadores

Rubro-Negro venceu as suas duas partidas pela fase de grupos da Copa Libertadores

27 abr 2021 21h18
| atualizado às 21h27
ver comentários
Publicidade

O Flamengo largou na frente, assustou a torcida, mas, no fim, goleou o Unión La Calera, nesta terça-feira, no Maracanã, pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores. O triunfo - que esteve ameaçado na etapa final - teve como destaque o setor ofensivo rubro-negro, com Arrascaeta, Gabriel Barbosa (duas vezes) e Pedro sendo os autores dos gols do líder do Grupo G da Copa.

Com seis pontos, o Rubro-Negro lidera a sua chave, e, na próxima rodada, no dia 4 de maio, enfrenta a LDU, que venceu o Vélez Sarsfield nesta terça-feira, como mandante, e está na segunda posição do Grupo G, com quatro pontos.

Flamengo goleia Unión La Calera e segue 100% na Libertadores
Flamengo goleia Unión La Calera e segue 100% na Libertadores
Foto: Antonio Lacerda / Reuters

Flamengo abre vantagem na etapa inicial

A segunda vitória no Grupo G foi construída ainda no primeiro tempo, quando o Flamengo teve amplo domínio: mais posse de bola, mais finalizações, maior presença no campo ofensivo e poucos sustos sofridos. Tudo isso culminou na vantagem de 2 a 0 antes do intervalo, gols de Gabriel Barbosa e Arrascaeta.

O time de Rogério Ceni ameaçou uma pressão nos minutos iniciais, mas depois o jogo tornou-se moroso contra um rival dedicado somente à marcação. O Unión La Calera marcou com os 11 jogadores atrás da linha da bola e segurou o 0 a 0 até os 30 minutos. A tabelinha entre Gerson e Arrascaeta quebrou a zaga, e o uruguaio encontrou, na pequena área, Gabigol, que finalizou de primeira.

O primeiro gol tirou o Unión La Calera lá de trás, mas, de forma desorganizada, os chilenos sofreram o castigo imediatamente. Everton Ribeiro desarmou na defesa e ligou o contra-ataque. Contra dois zagueiros, Arrascaeta deu para Bruno Henrique e recebeu de volta, na entrada da área, e ampliou aos 34. Se finalizou oito vezes antes do intervalo, o Flamengo só permitiu um chute rival.

Chilenos crescem e ameaçam vitória

As duas substituições feitas por Luca Marcogiuseppe surtiram efeito, mas não são suficientes para justificar a mudança de cenário na etapa final. Confiante demais na vantagem obtida, o Flamengo diminuiu demais a intensidade e, de dominante, passou a ser dominado pelo Unión La Calera. Valdívia (aquele) deu maior qualidade ao meio de campo e Sáez soube atacar a defesa rubro-negra.

O domínio do La Calera resultou em gol aos 11 minutos. Sáez foi lançado, venceu Bruno Viana na velocidade e tocou na saída de Diego Alves. A partir disso, o confronto ficou aberto, muito pela postura do time chileno, que viu o empate como resultado possível e criou problemas na saída de bola do Fla.

As grandes chances vieram assim, com erros na construção de jogada. Gabi não aproveitou a falha do goleiro Arías. Já Willian Arão e Diego Alves quase complicaram-se dentro da área, pressionados pelos atacantes adversários.

Exposto, o La Calera ameaçou a vitória do Flamengo, que, ao final do primeiro tempo, parecia assegurada. Contudo, acabou dando espaço para o setor ofensivo rubro-negro, que resolveu a parada aos 33 minutos. Em nova roubada de bola - dessa vez de Diego -, Bruno Henrique lançou e Gabi fez o terceiro.

Gabigol, autor de dois gols, comemora com Diego e Filipe Luís (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Gabigol, autor de dois gols, comemora com Diego e Filipe Luís (Foto: Alexandre Vidal/Flamengo)
Foto: Lance!

Na sequência, o La Calera fez mais duas mudanças e Rogério Ceni respondeu com as entradas de Vitinho e Pedro. Em suas primeiras participações, os dois definiram o placar. O camisa 11 arrancou pela esquerda e encontrou Pedro dentro da área. Com muita categoria, o centroavante se livrou da marcação e, com um toque sutil, tocou por cima de goleiro Arias. Um verdadeiro golaço.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 4X1 UNIÓN LA CALERA

Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data e hora: 27 de abril de 2021, às 19h15

Árbitro: José Argote (VEZ)

Assistentes: Milciades Saldivar (PAR) e Luis Odieva (PAR)

Gols: Gabi (30'/1ºT, 1-0 e 33'/2ºT, 3-1), Arrascaeta (34'/1ºT2-0), Jorge Sáez (11'/2ºT. 2-1) e Pedro (39'/2ºT, 4-1)

Cartão amarelo: Vitinho (FLA); Valencia (UNI)

Cartão vermelho: Não houve.

FLAMENGO (Técnico: Rogério Ceni)

Diego Alves; Isla, Bruno Viana, Willian Arão (Léo Pereira, 44'/2ºT) e Filipe Luís; Gerson, Diego (João Gomes, 44'/2ºT), Everton Ribeiro (Vitinho, 35'/2ºT) e Arrascaeta (Michael, 44'/2ºT); Bruno Henrique (Pedro, 38'/2ºT) e Gabigol.

UNIÓN LA CALERA (Técnico: Luca Marcogiuseppe)

Arias; Ramírez (Matías Fernández, 35'/2ºT), Christian Vilches, Santiago García e Oyanedel; Valencia (Ariel Martínez, 25'/2ºT), Wiemberg, Castellani (Liuzzi, 35'/2ºT) e Jeisson Vargas (Valdívia, Intervalo); Cavalleri (Jorge Sáez, Intervalo) e Andrés Vilches

 

Lance!
Publicidade
Publicidade