0

"Está todo f...", diz Wagner Pires sobre Dedé em vídeo

Ex-presidente da do Cruzeiro criticou o zagueiro, que, segundo ele, ganhou mais de R$ 50 milhões sem jogar

17 fev 2020
21h46
atualizado em 18/2/2020 às 07h44
  • separator
  • 0
  • comentários

O ex-presidente do Cruzeiro, Wagner Pires de Sá, protagonizou mais uma polêmica depois que deixou o cargo. O ex-dirigente fez duras críticas aos zagueiro Dedé em um vídeo que viralizou na internet.

As gravações foram feitas aparentemente durante uma corrida em um aplicatvo de transportes-(Reprodução)
As gravações foram feitas aparentemente durante uma corrida em um aplicatvo de transportes-(Reprodução)
Foto: LANCE!

Wagner foi filmado dentro de um carro, provavelmente durante uma corrida de aplicativo de transporte. No vídeo, o ex-presidente também aparentava sinais de embriaguez. Sua fala mais contundente em relação a Dedé foi que o Cruzeiro não conseguiu vender o jogador porque estava "todo f...", além de ter ganho R$ 50 milhões sem jogar, se referindo aos vários períodos lesionados de Dedé, que somados dão quase três anos parado.

 

"O Dedé ficou um ano e meio parado, ganhando R$ 800 mil, o Cruzeiro gastou. Não é igual INSS não. Ah, o cara tá doente, vai para o INSS, ganha salário mínimo. Não, o time paga. Ganhou mais de R$ 50 milhões sem jogar. E se vender, não vende, primeiro porque ele é todo 'f...' e não passa no exame médico. Futebol brasileiro é isso", disse Wagner.

Dedé, que está em litígio com o Cuzeiro, ainda se recupera de outra cirurgia no joelho, realizada no fim de 2019, ficando de fora da reta final do Brasileiro, e não esteve na partida que determinou o rebaixamento do Cruzeiro. Atualmente, ele está liberado pelo clube para concluir sua recuperação e o seu futuro está indefinido, já que o negócio com o futebol da China não teve sucesso.

Desde que chegou ao clube, Dedé teve vários problemas nos dois joelhos. Entre 2014 a 2017, não teve sequência e jogou apenas 13 vezes. Sua saída não será de forma amistosa, pois mesmo com o suporte do clube nas lesões disse que não aceitaria reduzir o salário para permanecer em BH.

A reportagem do LANCE! procurou a assessoria de imprensa do zagueiro e aguarda um posicionamento do seu staff. Veja o vídeo abaixo.

Veja também:

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade