0

Em momentos distintos, Chelsea e United medem forças na Copa da Liga

Rivais se enfrentaram na primeira rodada da Premier League, onde os Red Devils, em casa, aplicaram uma sonora goleada por 4 a 0; hoje, Blues estão no G4 e o United em 7º

29 out 2019
17h44
atualizado às 17h44
  • separator
  • 0
  • comentários

Nesta quarta-feira, Chelsea e Manchester United voltam a se enfrentar, dessa vez pela fase de oitavas de final da Copa da Liga Inglesa, mas com um tom de revanche. Às 17h05 (de Brasília), os Blues recebem os Red Devils em Stamford Bridge, para tentar apagar a goleada sofrida na primeira rodada da Premier League.

United e Chelsea se enfrentaram nesta temporada (Foto:OLI SCARFF / AFP)
United e Chelsea se enfrentaram nesta temporada (Foto:OLI SCARFF / AFP)
Foto: Lance!

Em momentos completamente distintos, as equipes voltam a se encontrar desde que o United goleou o Chelsea por 4 a 0, no dia 11 de agosto. Neste momento, os Blues aparecem como uma das melhores equipes da Premier League, na 4ª colocação, enquanto os Diabos Vermelhos, em turbulência e maus resultados, ocupam apenas a 7ª posição.

Frank Lampard, técnico do Chelsea, admitiu que a partida do início de agosto ainda pode ter um reflexo na partida desta terça, mas que não falou disso com o grupo durante a preparação para este jogo.

- Não dissemos nada sobre isso. Parece que isso aconteceu há muito tempo. Não estou desconsiderando, porque quando você joga contra um time de ponta como o Manchester United, com os melhores jogadores, eles podem te punir e fizeram isso conosco quatro vezes em um jogo em que até nos saímos muito bem. Mas não acho que o contexto disso seja extremamente relevante amanhã à noite - disse.

Por outro lado, Solskjaer não comentou a diferença entre as equipes desde o último encontro, e sim a semelhança entre os times que se enfrentarão nesta quarta: a juventude no time titular.

- Eles são uma equipe jovem e madura. O caráter é revelado em tempos difíceis, mas acho que os jovens têm sido excelentes. Não posso dar mais responsabilidades a eles e não poderia estar mais feliz com muitos dos jovens. Sabemos que tem sido difícil, e sabemos que pedimos muito deles porque Pogba, Shaw e muitos outros jogadores ficaram machucados. Os jovens intensificaram-se em um período difícil. Mas no final, eles serão mais fortes por isso - destacou Ole.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade