0

Em jogo de duas expulsões, Avaí sofre, mas ganha do CSA e vira vice-líder

Catarinenses marcaram gol da vitória em cabeçada de Getúlio e colocaram a equipe de Maceió em situação delicada pensando até mesmo no acesso

17 nov 2018
19h00
  • separator
  • comentários

Sob os olhares da ilustre torcedora Marta, o CSA não conseguiu transformar a festa das arquibancadas em uma vitória que garantiria a equipe na Série A de 2019. Jogando diante do Avaí no estádio Rei Pelé pela penúltima rodada do Brasileirão da Série B, quem saiu de campo feliz foi a equipe de Florianópolis com o triunfo por 1 a 0, gol do atacante Getúlio.

Foto: Reprodução/TV
Foto: Reprodução/TV
Foto: Lance!

Com o marcador, o Leão da Ressacada se tornou o vice-líder da competição com 60 pontos e pode depender apenas de suas forças para subir a Série A na rodada derradeira. Por sua vez, o Azulino depende de um tropeço do Goiás frente ao Oeste nesse sábado (17) em Barueri para chegar no último compromisso também só dependendo do seu resultado.

Demorou, mas chegou com perigo

A partida bastante marcada por disputas intensas no meio-campo e também um ritmo de jogo mais voltada a questão física do que técnica teve seu primeiro lance de maior perigo aos 19 minutos da etapa inicial a favor dos anfitriões. Após cruzamento desviado pelo goleiro Maurício Kozlinski, o rebote sobrou para Hugo Cabral que bateu forte de perna direita para uma gigatensca intervenção do arqueiro catarinense.

Vai sonhar com ele!

As principais jogadas na primeira etapa do CSA surgiram pelo lado direito do ataque explorando a velocidade do atacante Neto Berola. Se enquanto Igor Fernanes esteve em campo a missão do marcador por aquele lado da defesa do Avaí já se mostrava difícil, com a entrada de Capa a situação ficou ainda mais explícita, tendo o avante vantagem em quase todas as disputas individuais.

Eficiência pelo alto

O Leão catarinense chegava à frente em poucas oportunidades e parecia de certa forma "perdido" quando tinha a bola no plano ofensivo. Porém, aos 38 minutos, em uma cobrança de escanteio muito feliz executada por Guga, o atacante Getúlio ganhou da zaga nordestina e testou firme, no extremo canto esquerdo de Lucas Frigeri, para inaugurar o marcador no Rei Pelé.

Tragédia anunciada dos dois lados

Pouco depois do gol do Avaí, Capa acabou mais uma vez precisando parar com uma falta dura Neto Berola e, por já ter cartão amarelo, acabou expulso e proporcionando uma perigosa superioridade numérica aos donos da casa.

Porém, após alguns lances de perigo do time de Maceió e um período de apuros que durou até os 18 minutos, o zagueiro Xandão ergeu demais o pé e acertou o rosto do meio-campista Renato. Resultado? Cartão vermelho direto para o defensor do CSA e as duas equipes voltaram a ficar iguais no número de atletas no gramado em Maceió.

CSA foi pra cima, mas...

A partida até ficou mais aberta e com o Azulino seguindo com mais posse de bola e a atitude de tentar a todo custo um gol de empate que já seria bastante lucrativo pensando no cenário para a última rodada da Série B.

Todavia, a estrutura defensiva do Avaí funcionou muito bem e, seguro do que precisava fazer mesmo com muita pressão, a equipe visitante evitou que o placar se alterasse novamente na capital alagoana.

Lance!
  • separator
  • comentários
publicidade