1 evento ao vivo

Davi Eliasquevici prepara 'luta da vida' contra Esquiva Falcão

Paulista enfrenta medalhista olímpico no dia 29 de agosto, na Arena de Lutas

14 ago 2020
18h42
atualizado às 18h48
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O paulista Davi Eliasquevici será o adversário de Esquiva Falcão no co-main event na nona edição do B4Y, marcada para 29 de agosto, na Arena de Lutas, em São Paulo (SP). A noite de lutas será realizada com portões fechados e todos os atletas e staff serão testados como manda o protocolo vigente.

Davi Eliasquevici projeta 'luta da vida' contra o medalhista olímpico Esquiva Falcão Foto: Divulgação
Davi Eliasquevici projeta 'luta da vida' contra o medalhista olímpico Esquiva Falcão Foto: Divulgação
Foto: Lance!

O boxeador radicado em Balneário Camboriú (SC) terá a principal chance da carreira de surpreender o brasileiro, que é atualmente um dos 10 melhores do mundo na sua categoria. O duelo desta vez será no peso casado dos super-médios (até 75kg).

O atleta terá a missão de destronar Esquiva Falcão, que está invicto desde que migrou do boxe olímpico para o profissional em 2014. ''Sou muito fã do Esquiva e da sua história. Estou bem e muito tranquilo e ao mesmo tempo ansioso para fazer desse combate um lindo espetáculo para todos os amantes do boxe'', disse Davi Eliasquevic.

- Vou manter a minha humildade de sempre e subir no ringue e fazer o que eu sei fazer de melhor, buscar a vitória. Sou um lutador que gosta de analisar o oponente , sempre buscando espaços para derrubar quem está do outro lado do corner.

O paulistano também comentou os caminhos para buscar a vitória contra Esquiva, que está entre os top 10 do mundo.

- Acho que um ingrediente de toda minha vida em qualquer aspecto é manter a humildade e saber respeitar as pessoas, vou manter a minha humildade de sempre e subir no Ringue e fazer o que eu sei fazer de melhor, buscar a vitória - finalizou Davi Eliasquevici.

Serão realizados ao todo quatro combates no Boxing For You 9. A luta principal será com medalhista olímpico Robson Conceição (13-0) e o paulista Eduardo Reis (24-7) no peso casado dos super-penas (até 58,5kg).

Davi tem 24 lutas na carreira, com 14 vitórias, 9 derrotas e 1 empate. O boxeador de 31 anos foi campeão sul-americano em 2017 lutando na Argentina contra o dono da casa Henrri David Polanco, além de ter perdido apenas por pontos para Patrick Teixeira, atual campeão mundial medio-ligeiro da Organização Mundial de Boxe.

- Isso representou em primeiro lugar muita experiência para minha trajetória como atleta, Patrick é canhoto igual o Esquiva, então ter lutado com um campeão mundial independente do resultado só me trouxe maturidade para continuar firme e no foco do meu objetivo que é conquistar o Mundial também.

A última luta do El Loco Eliasquevici também foi em 2019 na Inglaterra contra o invicto Balazs Bacskai (Hungria), derrota apenas pela decisão dos árbitros. O atleta é de Americana (SP), mas mora em Santa Catarina.

O boxeador começou a pratica da modalidade com 12 anos treinando em casa. Hoje faz sua preparação em Balneário Camboriú (SC) com apoio do técnico Emerson Delagnolli e de Eric Serapicos.

Veja também:

Os maiores artilheiros estrangeiros da história do Vasco
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade