4 eventos ao vivo

Daniel faz resumo da temporada e prevê Bahia disputando títulos em 2021

Camisa 8 foi o meio-campista líder do time em assistências na última temporada e teve período mais artilheiro da carreira

1 mar 2021
15h09
atualizado às 15h09
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Em sua primeira temporada com a camisa do Bahia, o meia Daniel teve o ano mais artilheiro da carreira, com cinco gols marcados, e se destacou também nas assistências. O camisa 8 deu seis passes para gol, segundo números da plataforma "InStat". Para o jogador, porém, o ano atípico, devido à pandemia do novo coronavírus, atrapalhou suas metas pessoais e, principalmente, do clube.

Daniel, em ação pelo Bahia contra o Internacional (Foto: Bruno Queiroz / EC Bahia)
Daniel, em ação pelo Bahia contra o Internacional (Foto: Bruno Queiroz / EC Bahia)
Foto: Lance!

- Minha temporada teve altos e baixos, eu esperava ter mais jogos em sequência como titular, mas quis o destino que essa sequência fosse interrompida várias vezes, sempre acontecendo alguma coisa como a Covid-19, cartões, mas tive bons números de assistências dentro do elenco. Lógico que esperávamos um desempenho melhor do time num todo. Que brigasse por coisa mais importante. Fosse bem mais longe na Copa do Brasil, no Brasileiro, esperávamos que a briga fosse lá em cima por uma vaga na Libertadores. Mas futebol existe o imponderável - analisou o atleta.

Nos números do elenco, Daniel só perde em assistências no time para Juninho, que deu 10 passes para gol em 2020/21. O meia ainda tem uma média de acerto de passes superior a 90%. Foram 49 jogos na temporada, sendo 37 como titular. Alguns atletas do elenco ganharam alguns dias de folga, mas já se reapresentarão nesta terça-feira à tarde, no CT Evaristo de Macedo para iniciar os trabalhos visando a disputa do Campeonato Baiano, Copa do Nordeste, Copa do Brasil, Brasileiro e Copa Sul-Americana.

- Agora em 2021, espero que se concretize os planos que a gente tinha para temporada passada. Acredito que será, pelo menos, no ponto de vista individual, é um pouco mais fácil por já estar adaptado ao clube a conhecer todos fora de campo, a torcida, isso sempre ajuda e facilita para jogar melhor. Pensando no coletivo, o time ganhou mais corpo nesta reta final de Brasileiro, mais confiança, creio que teremos uma ou outra peça nova no elenco o que vai contribuir muito para gente atingir nossos objetivos nessa temporada. A torcida pode esperar um Bahia forte e no lugar que ele merece. O topo - concluiu.

Veja também:

LANCE! mostra 20 feras sul-americanas que valem investimento
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade