0

Cruzeiro 'esquece' jogo ruim contra o Botafogo e foca no Atlético-MG

O zagueiro Léo evita qualquer euforia antecipada apesar da vantagem obtida no jogo de ida contra o Galo, pela Copa do Brasil

15 jul 2019
15h21
  • separator
  • 0
  • comentários

O Cruzeiro mudou seu foco depois do jogo ruim que a equipe celestes fez diante do Botafogo pelo Brasileiro. O empate por 0 a 0 no Mineirão ficou para trás e a Raposa se concentra no duelo da volta pelas quartas de final das quartas de final da Copa do Brasil

Léo minimizou vantagem obtida pela Raposa no jogo de ida da Copa do Brasil e pede cautela diante do Galo- (Vinnicius Silva/Cruzeiro)
Léo minimizou vantagem obtida pela Raposa no jogo de ida da Copa do Brasil e pede cautela diante do Galo- (Vinnicius Silva/Cruzeiro)
Foto: Lance!

Nesta quarta-feira, às 19h15, Cruzeiro e Atlético-MG farão o segundo e último tempo da decisão por uma das vagas às semifinais da Copa do Brasil. A partida, que tem mando do adversário, será realizada no estádio Independência. Vencedor do jogo de ida por 3 a 0, semana passada, no Mineirão, a Raposa garante a classificação até com uma derrota por dois gols de diferença.

No entanto, a ordem no time celeste é concentração máxima. Quem garante a postura do elenco é o zagueiro Léo. No Clube desde 2010, o defensor já vivenciou diversas experiências na carreira e sabe que a vantagem parcial obtida pelo Cruzeiro na ida está longe de encaminhar qualquer prognóstico para a conquista da vaga.

-A decisão de mata-mata é de 180 minutos. São dois jogos. Temos uma certa vantagem, que construímos no primeiro. No segundo, tende a ser um jogo geralmente muito mais difícil, com várias questões, um jogo bem competitivo, principalmente por ser no Independência. A gente sabe que [o Atlético-MG] é um time de qualidade, de força também. Mas, esperamos manter o ritmo, foco e equilíbrio para conseguir nosso objetivo. Não tem nada resolvido. Sabemos que muitas coisas podem acontecer em uma partida de futebol. Nosso foco é sempre buscar a vitória e o objetivo é passar de fase-disse o zagueiro.
Léo reconhece que entre os torcedores das duas equipes existem grandes expectativas para o jogo, mas o atleta é enfático ao afastar qualquer tipo de oba-oba por parte do elenco cruzeirense.

-Não existe essas questões entre nós jogadores, não existe a questão de já ganhou. Estamos frisando e reforçando que será um jogo difícil, competitivo. Em um jogo de futebol, tudo pode acontecer. É ter atenção redobrada, motivação lá em cima, para que possamos buscar o nosso resultado. Em meio às dificuldades e problemas, temos que conseguir superá-los para fazermos uma boa partida- reforçou.

O camisa 3 analisou não apenas os confrontos contra o rival local, mas também ponderou sobre a importância do calendário de jogos deste mês para o time cinco estrelas.

-O mês de julho é muito importante. Temos vários jogos decisivos, de mata-mata, de Copa do Brasil e Libertadores. No meio temos jogos do Brasileirão. Nosso foco e pensamento são intensos para esse mês. São jogos muito importantes e decisivos. Ontem, contra o Botafogo, buscamos o resultado, a vitória, mas infelizmente ela não veio como queríamos. Vamos virar a chave novamente para a Copa do Brasil. A equipe está focada para buscar nosso objetivo- salientou.

Um fato comemorado por Léo é o de que a equipe, nestes primeiros dois jogos após a parada para a Copa América, não sofreu gols contra Atlético-MG e Botafogo. O zagueiro dividiu os méritos com seus companheiros e acredita que a equipe está no caminho certo.

-Temos trabalhado bastante com todo o time para que consigamos esse equilíbrio tático e defensivo. A gente sabe que não são apenas os dois zagueiros, mas sim a compactação da equipe. Os dois laterais, a movimentação, preenchimento dos meias, marcação que começa lá na frente e favorece bastante. A gente vem buscando cada vez mais aperfeiçoar. Quem sabe a gente consiga cada vez mais evoluir, para que consigamos êxito desse equilíbrio defensivo que é tão importante para a equipe- projetou o zagueiro.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade