0

Confira as 10 maiores contratações de estrangeiros do futebol brasileiro

Com a chegada de Giorgian de Arrascaeta, Flamengo passa a liderar o ranking de maiores valores de contratações de jogadores estrangeiros nos gramados brasucas; veja lista

11 jan 2019
15h11
  • separator
  • comentários

Conhecido por ser um pólo de produção de jogadores de futebol, o Brasil passou a figurar com força também como um setor de compra de jogadores estrangeiros. Por conta disso, os valores passaram a inflacionar e as cifras milionárias passaram a ser comuns no futebol brasileiro.

Nesta semana, o Flamengo desembolsou 63,7 milhões de reais para tirar o uruguaio Arrascaeta do Cruzeiro e por isso, o LANCE! preparou uma lista com as maiores contratações de estrangeiros feitas por clubes brasileiros para você ficar por dentro de tudo. Confira!

Arte: Lance!
Arte: Lance!
Foto: Lance!

10º Walter Montillo (ARG) - 2013 - R$16 milhões

Argentino deixou o Cruzeiro rumo ao Santos (Foto: Lancepress!)

Em 2013, o argentino Walter Montillo era um dos principais nomes do Cruzeiro e com isso seu valor aumentou em relação ao que o time mineiro havia pagado para a Universidad do Chile em 2010 (R$ 6,2 milhões), e o Santos teve que pagar R$16 milhões para contar com o argentino.

Pelo time paulista, Montillo realizou 50 partidas entre 2013 e 2014, anotando oito gols. Depois disso, o argentino passou por Shandong Luneng-CHN, Botafogo e atualmente está no Tigre-ARG.

9º Ángelo Araos (CHI) - 2018 - R$17 milhões

Araos em um treino pelo Corinthians (Foto: Luis Moura / WPP)

Em 2018, o Corinthians, necessitado de reforços após uma debandada do elenco que foi campeão brasileiro em 2017, desembolsou cerca de R$17 milhões para contratar o meia chileno Ángelo Araos junto a Universidad do Chile.

Entretanto, desde que chegou ao Timão, Araos ainda não conseguiu desenvolver o mesmo futebol que desempenhava no time chileno e ainda não caiu nas graças da torcida alvinegra. Pelo Corinthians até o momento foram 19 partidas mas nenhum gol marcado.

8º Miller Bolaños (EQU) - 2016 - R$17,4 milhões

Equatoriano vestindo a camisa do Grêmio (Foto: Grêmio FBPA)

Sempre ligado no futebol sulamericano, o Grêmio descolou a contratação do atacante equatoriano Miller Bolaños junto ao Emelec em 2016, por cerca de R$17,4 milhões de reais para disputa da Libertadores, do Gaúcho e do Brasileirão.

No período em que esteve no Tricolor Gaúcho, Bolaños atuou em 46 partidas e marcou 15 gols. O equatoriano saiu do clube em 2017 rumo ao Tijuana, do México, onde está até hoje.

7º Lucas Pratto (ARG) - 2017 - R$20,7 milhões

Pratto apresentado no São Paulo (Foto: Lancepress!)

Na busca por um centroavante, o São Paulo voltou suas atenções para o argentino Lucas Pratto em 2017 e conseguiu tirá-lo do Atlético Mineiro, por um valor de R$20,7 milhões.

A contratação do centroavante argentino foi colocada como uma das principais do São Paulo nesta década e surtiu efeito dentro de campo. Com a camisa do Tricolor Paulista, Pratto atuou em 48 partidas e já marcou 14 gols

6º Yimmi Chará (COL) - 2018 - R$22,2 milhões

Chará pelo Atlético Mineiro (Foto: Raw Image)

Após a saída de Otero, o Atlético Mineiro foi forte no mercado para encontrar um substituto durante a parada da Copa do Mundo da Rússia. O Galo desembolsou cerca de R$22,2 milhões para tirar Yimmi Chará do Junior Barranquilla-COL.

Desde então, o colombiano atuou em 22 partidas pelo Atlético Mineiro e marcou apenas um gol, na partida onde o Galo foi derrotado pelo Palmeiras por 3 a 2, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

5º Mascherano (ARG) - 2005 -R$25 milhões

Masche em campo pelo Corinthians (Foto: Lancepress!)

Com forte investimento da MSI, o Corinthians foi o grande nome do mercado de transferências do Brasil em 2005. Por conta disso, o Timão desembolsou R$25 milhões junto ao River Plate para contar com o então volante Javier Mascherano.

A passagem do argentino pelo Corinthians durou pouco mais de um ano, mas teve sucesso. Entre 2005 e 2006, Masche atuou em 24 partidas, não marcou gols e conquistou o título brasileiro de 2005. Desde então, vestiu as camisas de West Ham, Liverpool, Barcelona e hoje atua pelo Hebei Fortune-CHN.

4º Miguel Borja (COL) - 2017 - R$33 milhões

Borja em campo pelo Palmeiras (Foto: Cesar Greco)

Após ser um dos grandes destaques do título da Libertadores do Atlético Nacional em 2016, o centroavante colombiano Miguel Borja foi contratado pelo Palmeiras em 2017 pelo valor de R$33 milhões.

Desde então com a camisa do Verdão, o atacante viveu altos e baixos dentro de campo, oscilando entre a reserva e a titularidade. Borja já atuou em 87 partidas pelo Palmeiras, marcando 30 gols e conquistou o título brasileiro em 2018.

3º Nico López (URU) - 2016 - R$35,8 milhões

Nico Lopez com a camisa do Inter (Foto: Internacional)

Destaque com a camisa do Nacional do Uruguai, Nico López despertou o interesse de grandes clubes da América do Sul e no Brasil não foi diferente. Entretanto, o Inter venceu a disputa ao gastar cerca de R$35,8 milhões para contratar o atacante em 2017.

Desde que chegou ao Colorado, o atacante uruguaio sofreu com lesões mas já atuou em 117 partidas, marcando 32 gols entre Campeonato Brasileiro, Gaúcho e Copa do Brasil.

2º Carlos Tévez (ARG) - 2005 - R$60,5 milhões

Tevez com a camisa do Corinthians em 2005 (Foto: Lancepress!)

Com forte investimento da MSI, o Corinthians foi um dos grandes personagens do mercado de transferências da última década e com isso trouxe o centroavante ídolo argentino Carlitos Tévez, junto ao Boca Juniors por cerca de R$60,5 milhões.

A passagem do argentino pelo Timão foi um sucesso. Em pouco mais de ano com a camisa do alvinegro, Tévez atuou em 76 partidas, balançando as redes em 46 oportunidades, sendo o craque da campanha do título brasileiro de 2005. Depois disso, o atacante vestiu as camisas de West Ham, Manchester United, Manchester City, Juventus, Shanghai Shenhua e voltou ao Boca Juniors.

1º Arrascaeta (URU) - 2019 - R$63,7 milhões

Arrascaeta é do Flamengo (Arte: Lance!)

Após uma imensa novela, o Flamengo acertou a contratação do meia uruguaio Giorgian De Arrascaeta, junto ao Cruzeiro, pelo valor de R$63,7 milhões, se consolidando como a maior transferência da história do futebol brasileiro.

Arrascaeta se destacou no futebol sul-americano com a camisa do Defensor-URU e chamou atenção do Cruzeiro, que o contratou em 2015. Com a camisa da Raposa, o meia fez 186 partidas, balançou as redes em 49 oportunidades e conquistou duas vezes a Copa do Brasil.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade