0

LANCE!

Com lei do ex e fim de jejum, Inter vence Botafogo no Sul

Ricardo Duarte/Internacional / LANCE!

Rodrigo Lindoso, ex-Botafogo, abriu o placar para o Colorado; Nico López também marcou, encerrando jejum de 24 partidas

31 ago 2019
23h11
atualizado às 23h22
  • separator
  • 0
  • comentários

Internacional e Botafogo se enfrentaram na noite deste sábado, no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), e o Colorado saiu de campo com a vitória por 3 a 2 pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo foi mais do que movimentado, com ingredientes interessantes no futebol: lei do ex e fim de longo jejum. Os gols do Inter foram marcados por Rodrigo Lindoso, Edenílson e Nico López. O Alvinegro descontou com Diego Souza e Marcinho.

Com o resultado, o Internacional chegou a 27 pontos, na sexta colocação no Campeonato Brasileiro. O Botafogo, por sua vez, ficou com 23 pontos, na décima posição. Pela competição, ambas as equipes voltam a campo no próximo fim de semana - enquanto no sábado o Colorado recebe o São Paulo, o Alvinegro pegará, no dia seguinte, o Atlético-MG. Antes, apenas o Inter irá jogar: na quarta-feira, recebe o Cruzeiro pela partida de volta da semifinal da Copa do Brasil.

COLORADOS PRESSIONAM

O Internacional, aproveitando o mando de campo, pressionou rapidamente o Botafogo. Paolo Guerrero, inquieto, teve boa tentativa no minuto inicial, finalizando colocado, mas errando o alvo. Aos 15, Nico López obrigou o goleiro Gatito Fernández a fazer uma boa defesa em dois tempos, sete minutos depois Edenílson fez o arqueiro alvinegro se esticar todo... Os comandados de Eduardo Barroca foram efetivos somente aos 36, quando Luiz Fernando acertou o travessão.

LEI DO EX EM AÇÃO!

No futebol, a lei do ex, quando entra em ação, faz a emoção dos torcedores aflorar em questão de segundos. E neste jogo, isto foi visto aos 43 minutos do primeiro tempo. Rodrigo Lindoso, ex-jogador do Botafogo, atualmente é uma peça importante no meio de campo do Internacional e foi dele o gol que colocou os gaúchos na frente do placar - aproveitando lance criado por Rafael Sobis, 1 a 0 Internacional.

MINUTOS AGITADOS

A primeira metade do segundo tempo foi bastante agitada, muita coisa acabou acontecendo. Aos sete minutos, o Internacional fez o 2 a 0 com Edenílson aproveitando linda jogada de Nico López. Dois minutos depois, o Botafogo chegou a marcar com Alex Santana, mas depois o árbitro, corretamente, anulou o gol com a consulta do vídeo pelo toque de mão de Fernando no início do lance. Mas aos 16, aí sim, o Alvinegro diminuiu, fez o 2 a 1 e voltou para o jogo - Diego Souza, de cabeça.

FIM DE JEJUM

Eduardo Barroca jogou seu time ao ataque na busca do empate, deixando espaços para o Internacional tentar o gol para selar a vitória e os três pontos. E a melhor sorte foi para o Colorado, com direito a fim de um jejum de 24 jogos - aos 37 do segundo tempo, Nico López fez o 3 a 1 para os gaúchos, voltando a marcar depois de 1.843 minutos. No último lance, Marcinho descontou para o Botafogo, mas a vitória do Internacional por 3 a 2 se confirmou - resultado justo em uma etapa final de um bom futebol.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 3 X 2 BOTAFOGO

Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data/hora: 31/8/2019, às 21h (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freintas da Silva (PA) - Nota LANCE!: 5,5 (se enrolou um pouco na confusão no fim, onde deveria ter aplicado o cartão vermelho, mas acertou na anulação do primeiro gol do Botafogo)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Helcio Araujo Neves (PA)
Árbitro de vídeo: Jose Claudio Rocha Filho (SP)
Gramado: Bom
Público/renda: 7.896 pagantes/R$ 350.184,00
Cartões amarelos: Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta, Nico López, Wellington Silva (INT) e Lucas Campos, Cícero, Diego Souza, Alex Santana (BOT)
Cartão vermelho: -

GOLS: Rodrigo Lindoso 43'/1ºT (1-0), Edenílson 7'/2ºT (2-0), Diego Souza 16'/2ºT (2-1), Nico López 37'/2ºT (3-1) e Marcinho 49'/2ºT (3-2)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba, Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Patrick e Edenílson (Nonato 34'/2ºT); Nico López (D'Alessandro 39'/2T), Rafael Sobis (Wellington Silva 15'/2ºT) e Paolo Guerrero. Técnico: Odair Hellmann.

BOTAFOGO: Gatito Fernández (Diego Cavalieri intervalo), Marcinho, Joel Carli, Gabriel e Gilson; Cícero, Alex Santana e João Paulo (Vinícius Tanque 31'/2ºT); Luiz Fernando, Lucas Campos (Fernando intervalo) e Diego Souza. Técnico: Eduardo Barroca.

Veja também:

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade