0

COB define sete bases para os Jogos de Tóquio-2020

O presidente Carlos Arthur Nuzman assinou, no último domingo, o contrato para a utilização dos locais

26 jun 2017
14h22
  • separator
  • comentários

Faltando quase três anos para Tóquio-2020, os atletas brasileiros já tem bases para treinarem antes e durante os Jogos. No último domingo, o presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Carlos Arthur Nuzman, assinou o contrato com o presidente do Comitê Olímpico do Japão, Tsunekazu Takeda, e com autoridades de distritos e cidades japonesas que receberam os brasileiros. O evento, realizado na sede olímpica, ainda contou com a presença do diretor esportes do COB, Agberto Guimarães.

- Temos certeza de que os atletas se beneficiarão da melhor estrutura na fase final de preparação para os Jogos de Tóquio. As instalações são de altíssimo nível e estamos muito satisfeitos em poder proporcionar aos nossos esportistas todas as condições para treinarem e se adaptarem da melhor forma ao clima e fuso horário local - afirmou Nuzman.

Para definir as bases do Time Brasil, o COB realizou cinco visitas ao Japão. Por ser o primeiro Comitê Olímpico Nacional a visitar os locais, conseguiu escolher os locais com facilidade.

A principal base de apoio será na Universidade de Rikko. Acredita-se que cerca de 120 mil atletas de dez modalidades utilizem a instalação. Sagamihara deverá receber quase 90 esportistas de oito modalidades. Os principais pontos contarão com culinária brasileira. Além disso, pela primeira vez, o COB montará um refeitório em uma escola próxima à Vila Olímpica.

Hamamatsu será a casa do judô e da natação. A equipe de judô retornou, na última semana, de um período de treinamentos na cidade e aprovou o local. O contrato será assinado nesta segunda-feira.

As outras bases de preparação do Time Brasil serão: Enoshima, Ota e Koto. As modalidades que serão alocadas em cada lugar estão em fase final de definição e serão apresentadas de acordo com a classificação dos atletas para Tóquio-2020.

Assim como na Rio-2016, o COB montará um espaço destinado ao encontro dos atletas com seus familiares e amigos, que ficará em Chuo, próximo à Vila Olímpica.

A delegação brasileira contará com um refeitório próximo à Vila Olímpica (foto:Heitor Vilela/COB)
A delegação brasileira contará com um refeitório próximo à Vila Olímpica (foto:Heitor Vilela/COB)
Foto: Lance!
Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade