3 eventos ao vivo

Casagrande, Chico e mais protocolam impeachment de Bolsonaro

O pedido de 133 páginas cita supostos crimes de responsabilidade praticados pelo presidente, ataques contra a imprensa e 'direcionamento ideológico' de recursos

14 jul 2020
12h25
atualizado às 14h18
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Ex-jogador e comentarista da TV Globo, Walter Casagrande, critico do presidente da República nas redes sociais, entrega nesta terça-feira, junto com movimentos sociais e artistas renomados como Chico Buarque, um pedido de impeachment de Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados. A informação foi divulgada pela Folha de S. Paulo.

"As políticas de saúde foram severamente afetadas pela atuação criminosa de Jair Bolsonaro. Além da desarticulação do Sistema Único de Saúde (SUS), que já vinha sendo posta em prática no primeiro ano de gestão, a pandemia da covid-19 escancarou o desprezo do atual governo pela proteção à saúde da população", diz trecho do texto que será enviado ao presidente Rodrigo Maia.

O pedido de 133 páginas cita ainda supostos crimes de responsabilidade praticados pelo presidente, ataques contra a imprensa e "direcionamento ideológico" de recursos no setor audiovisual, além de más condutas na área ambiental e atuação falha durante a pandemia.

Casagrande é critico de Bolsonaro nas redes (Foto: Divulgação)
Casagrande é critico de Bolsonaro nas redes (Foto: Divulgação)
Foto: LANCE!

Além de Casagrande, o documento conta com a adesão de personalidades renomadas como o cantor Chico Buarque, o economista Bresser-Pereira e o padre Júlio Lancellotti. Também assinam o documento entidades como a Central Única dos Trabalhadores (CUT), o Movimento Negro Unificado (MNU), a União Nacional dos Estudantes (UNE), a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) e a Associação e Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD).

Estamos, agora, em Brasília, na mobilização pelo impeachment de Bolsonaro!✊🏽 Bandeiras das entidades estudantis lado a...

Publicado por UNE - União Nacional dos Estudantes em Terça-feira, 14 de julho de 2020

O documento conta com a adesão das entidades Central Única dos Trabalhadores (CUT), Movimento Negro Unificado (MNU),...

Publicado por UNE - União Nacional dos Estudantes em Terça-feira, 14 de julho de 2020

Veja também:

Editor do L! analisa os destaques e decepções do primeiro turno do Brasileiro
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade