1 evento ao vivo

Brasileiros foram maioria em campo nas quartas de final da Champions

Jogadores nascidos no Brasil formam quase dois times completos entre os atletas que entraram em campo no jogo de volta das quartas de final da Champions

20 abr 2019
10h27
atualizado às 10h27
  • separator
  • comentários

Eram quatro clubes ingleses, um espanhol, um italiano, um holandês e um português nas quartas de final da Champions League, disputadas neste meio de semana. Em campo, porém, nenhuma nacionalidade foi tão representada quanto a brasileira.

Philippe Coutinho marcou na classificação do Barcelona (Foto: AFP)
Philippe Coutinho marcou na classificação do Barcelona (Foto: AFP)
Foto: Lance!

Ao todo, 111 jogadores nascidos em 30 países diferentes entraram em campo nos jogos de volta entre Liverpool x Porto, Tottenham x Manchester City, Manchester United x Barcelona e Ajax x Juventus. Destes,18 eram brasileiros, quatro a mais que o total de ingleses, o europeu com mais representantes. Isso sem contar Gabriel Jesus, Malcom e Vaná Alves, que estiveram no banco de reservas de City, Barça e Porto, respectivamente, mas não foram utilizados.

Um número importante para refutar a teoria de que o país já não revela jogadores como antigamente. Os oito clubes, inclusive, contavam com ao menos um brasileiro em sua equipe. Éder Militão, Roberto Firmino e Philippe Coutinho ainda contribuíram com um gol cada.Com o Tottenham de Lucas Moura, o Ajax de David Neres, o Barcelona de Coutinho, Malcom e Arthur e o Liverpool de Fabinho e Firmino classificados para as semifinais, ao menos um brasileiro terminará a temporada acrescentando ao seu currículo o título de campeão europeu, algo que já ocorre há 13 anos consecutivos.

A última vez que um time conquistou a Champions sem a presença de ao menos um jogador nascido no Brasil foi na temporada 2004/2005, com o Liverpool. Os ingleses venceram nos pênaltis o Milan de Dida, Cafú, Serginho e Kaká, que chegou a abrir 3 a 0 no placar e permitiu o empate.

Entre o Barcelona de Ronaldinho Gaúcho, Deco, Edmílson, Sylvinho, Thiago Motta e Belletti, campeão em 2005/2006, e o Real Madrid 2017/2018, vencedor com Marcelo e Casemiro, 25 brasileiros participaram da conquista da Liga por Barça, Milan, Manchester United, Inter de Milão, Chelsea e Bayern de Munique. Uma média de quase dois brasucas campeões da Europa por ano.

PAÍS DE ORIGEM DOS JOGADORES NAS QUARTAS DE FINAL DA CHAMPIONS

1º - Brasil - 18
2º - Inglaterra - 14
3º - França - 9
Holanda - 9
5º - Espanha - 8
6º - Portugal - 7
7º - Bélgica - 6
8º - Itália - 5
9º - Alemanha - 4
Argentina - 4
11º - México - 2
Camarões - 2
Escócia - 2
Dinamarca - 2
Uruguai - 2
Chile - 2
Marrocos - 2
18º - Mali - 1
Argélia - 1
Egito - 1
Senegal - 1
Quênia - 1
Coréia do Sul - 1
Colômbia - 1
País de Gales - 1
Croácia - 1
Suécia - 1
Polônia - 1
Bósnia - 1
Sérvia - 1

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade