0

Após duas derrotas seguidas no Campeonato Espanhol, Barcelona busca recuperação contra o Alavés

No torneio nacional, time de Messi soma derrotas contra Getafe e Real Madrid e agora quer se recuperar para subir na tabela; no meio de semana, equipe venceu a Juventus pela UCL

30 out 2020
17h29
atualizado às 20h15
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Depois de duas derrotas consecutivas pelo Campeonato Espanhol, o Barcelona entra em campo neste sábado para enfrentar o Alavés, fora de casa. Os blaugranas viajam até o País Basco tentando subir na tabela e se aproximar dos líderes. O jogo acontece no Estadio Mendizorroza, às 17h (de Brasília).

Barcelona tem sete pontos em cinco jogos no Espanhol, mas duas partidas a menos que concorrentes (Foto: AFP)
Barcelona tem sete pontos em cinco jogos no Espanhol, mas duas partidas a menos que concorrentes (Foto: AFP)
Foto: Lance!

Após perder para Getafe e Real Madrid, o time de Ronald Koeman tenta uma vitória para voltar a figurar na parte de cima da tabela. Em crise política, o clube vive dias de incerteza após a renúncia do agora ex-presidente Josep Maria Bartomeu. Se a vida no Espanhol está difícil, na Liga dos Campeões, porém, a fase é boa. São duas vitórias em dois jogos.

O técnico do Barcelona falou em entrevista coletiva sobre a forma do time e disse que pode repetir o time que venceu a Juventus, mas que o aspecto físico deverá ser levado em conta. O Barcelona vem numa grande sequência de jogos por conta do calendário apertado.

- O Alavés tem opções de sistema diferentes. Mas o mais importante é falarmos sobre nós próprios e jogarmos com ritmo elevado, como no outro dia. É possível repetir (o time), mas é preciso olhar para o aspecto físico. Dá para ver que o time vai melhorar. Contra a Juventus fizemos um jogo completo, mas falhamos muito na frente do gol. Dá para perceber que sabemos buscar espaços melhor do que antes - disse Koeman.

PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

Alavés: Pacheco; Navarro, Laguardia, Lejeune e Duarte; Mendez, Pina, Battaglia e Jota; Pérez e Joselu.

Barcelona: Neto; Sergi Roberto (Dest), Piqué, Lenglet, e Jordi Alba; De Jong, Busquets, Dembélé, Pedri e Ansu Fati; Messi.

Veja também:

Confira a repercussão da morte de Maradona na Argentina e pelo mundo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade