7 eventos ao vivo

Atlético-MG perde feio e se complica na Sul-Americana

Alvinegro leva 3 a 0, desperdiça pênalti e fica em situação delicada no duelo contra o Unión Santa Fé

6 fev 2020
23h33
atualizado às 23h55
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O Atlético-MG fez um jogo para se esquecer nesta quinta-feira, 6 de fevereiro, contra o Unión Santa Fé, na Argentina. A equipe hermana aplicou um placar sólido de 3 a 0 sobre os mineiros, com gols de Cabrera, Walter Bou e Carabajal, complicando a vida do Galo na partida de volta, no dia 20 de fevereiro, em Belo Horizonte.

O time alvinegro foi completamente dominado, mostrando fragilidade em todos os setores-(JOSE ALMEIDA / AFP)
O time alvinegro foi completamente dominado, mostrando fragilidade em todos os setores-(JOSE ALMEIDA / AFP)
Foto: LANCE!

Os mineiros terão de vencer por 3 a 0 para levar a decisão da vaga para os pênaltis, ou quatro gols de diferença para conseguir seguir na competição internacional. Todavia, o que se viu no Estádio 15 de Abril mostra que o Atlético terá de trabalhar muito para melhorar a produção da equipe.

O Galo conseguiu perder por um placar alto para uma equipe que está em 17º lugar no Campeonato Argentino, que conta com 24 times. Em 18 jogos, Unión tem seis vitórias, cinco empates e sete derrotas. O ponto mais baixo do jogo foi a defesa, que errou praticamente tudo que tentava. O ataque, continua sem força ofensiva, além do meio de campo armando muito pouco o jogo. Dudamel terá de trabalhar muito para a equipe se recuperar e não ter sua primeira eliminação do ano.

Começou mal, muito mal. Gol do Unión

Logo aos três minutos de jogo, o Galo sofreu o gol na Argentina em um vacilo da defesa. Réver permitiu que Bou girasse e mandasse para o fundo do gol. 1 a 0 para os hermanos.

Pressão argentina

O Unión está mal no campeonato nacional, mas pelo menos em sua estreia em torneios internacionais, está indo bem e não deixando o Galo jogar. A equipe brasileira ficou sem ação, sem força ofensiva. Era completamente dominada.

Decisões ruins

O Atlético-MG não conseguia articular cinco passes consecutivos com qualidade. Permitia que o Unión pressionasse, marcando no campo de ataque. Além da confusão tática. Era uma equipe desorganizada e com decisões ruins para dar o passe final na tentativa de empatar.

Olha o gol...do Unión

Antes do fim do primeiro tempo, Unión aumenta sua vantagem complicando o time mineiro na Sula. Cabrera deixa o seu. O camisa 7 domina com muito espaço para avançar, carrega a bola e finaliza com muita força, sem defesa para Michael.

 

Segundo tempo de melhora? Só que não

O Galo voltou ainda mais apático, frágil na defesa. Réver teve uma noite pouco inspirada, Di Santo foi mal, mesmo sendo pouco acionado. Ele não conseguia manter a bola presa, nem a marcação do time argentino se preocupava muito com ele. O setor ofensivo do Atlético não fa mal para ninguém.

Repeteco...Tomou outro gol no início de jogo

Aos seis minutos da etapa final, o Galo levou o terceiro, tornando sua eliminação na Sul-Americana algo muito possível. Carabajal colocou a terceira bola nas redes atleticanas com a defesa observando o passeio argentino em Santa Fé.

Guilherme Arana estreia

O badalado lateral entrou no lugar de Fábio Santos, mas não pode fazer muito. Pouco tempo para ser avaliado.

Não virou goleada por milagre

O Unión não marcou o quarto, quinto gol por incompetência dos atacantes da equipe hermana. A noite da defesa alvinegra

Chance de diminuir o estrago

Arana sofre pênalti aos 44 do segundo tempo, mas Allan "avisou" para o goleiro onde ia bater e o goleiro Moyano pegou. Uma noite lamentável do Galo na estreia da Sula.

Cereja do bolo...Bem amarga

Para evitar o quarto gol, o volante Allan, que perdera o pênalti poucos minutos antes, faz uma falta perto da área, sendo o último homem da defesa. Resultado: cartão vermelho e desfalque certo para o jogo da volta.

O que dizer, Dudamel?

O treinador do time mineiro terá que explicar muita coisa e os jogadores também. Afinal, a equipe foi poupada, se preparou apenas para esta partida e o desempenho foi o pior do time não só do ano, mas dos últimos tempos.

Agenda dos clubes

O jogo de volta entre Unión Santa Fé e Galo será no dia 20 de fevereiro, quinta-feira, no Independência. Antes , o time mineiro terá a URT, domingo, 9, em Patos de Minas, pelo Estadual e no dia 12, estreia na Copa do Brasil, diante do Campinense, na Paraíba.

FICHA TÉCNICA

UNIÓN SANTA FE-ARG 3 x 0 ATLÉTICO-MG

Data-hora: 6 de fevereiro de 2020, às 21h30(De Brasília)

Estádio: Estádio 15 de Abril, Santa Fé(ARG)

Árbitro: Jesús Valenzuela (VEN)

Assistentes: Carlos Lopez e Jorge Urrego(VEN)

Cartões amarelos: Blasi, Mendéz(UNI)

Cartão vermelho: Allan (ATL)

Público e renda: não divulgados

Gols: Walter Bou, aos 3'-1ºT (1-0), Cabrera, aos 43'-1ºT (2-0) e Carabajal 6'-2ºT (3-0)

UNIÓN SANTA FE-ARG: Sebastián Moyano; Brian Blasi, Franco Calderón, Jonathan Bottinelli e Claudio Corvalán; Cabrera(Bonifácio, aos 32'-2ºT), Javier Méndez, Jalil Elías e Carabajal(Milo, aos 20'-2ºT); Franco Troyansky e Walter Bou(Mazzola, aos 25'-2ºT) . Técnico: Leonardo Madelón

ATLÉTICO-MG: Michael; Mailton, Réver, Gabriel e Fábio Santos(Guilherme Arana, aos 33'-2ºT); Zé Welison, Jair(Edinho, aos 12'-2ºT) e Allan; Marquinhos, Hyoran(Dylan Borrero, aos 29'-2ºT) e Franco Di Santo.. Técnico: Rafael Dudamel

Veja também:

 

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade