PUBLICIDADE

Arbitragem brasileira vai apitar Olimpíadas e Copa América

Os nomes foram selecionados pelo comitê organizador das Olimpíadas e pela competição continental, a Conmebol também confirmou brasileiros na arbitragem

21 abr 2021 20h30
| atualizado às 20h37
ver comentários
Publicidade

A arbitragem brasileira foi selecionada para estar presente nos jogos olímpicos de Tóquio e na Copa América, sediada na Argentina e Colômbia. Confirmadas entre junho e julho, as competições contarão com nomes como da árbitra Edina Alves Batista e o paulista Raphael Claus.

Edina Alves foi selecionada pelo comitê olímpico e compõe a equipe de arbitragem (Foto: Cesar Greco)
Edina Alves foi selecionada pelo comitê olímpico e compõe a equipe de arbitragem (Foto: Cesar Greco)
Foto: Lance!

Para as Olímpiadas de Tóquio, além de Edina Alves Batista, mais uma mulher foi selecionada para os jogos. A auxiliar Neuza Ines Back fará sua segunda competição internacional ao lado da árbitra paranaense. As duas estiveram juntas no Mundial de Clubes da FIFA, no Catar, e em quatro jogos da Copa do Mundo feminina de 2019, na França. Fechando o trio de arbitragem, o árbitro de vídeo Wagner Reway é o nome que completa a participação brasileira nas Olimpíadas, iniciadas no dia 21 de julho.

Os anéis olímpicos são iluminados em frente ao Estádio Nacional de Tóquio, no Japão
Os anéis olímpicos são iluminados em frente ao Estádio Nacional de Tóquio, no Japão
Foto: Kim Kyung-Hoon / Reuters

Já para os jogos da Copa América, a Conmebol também divulgou a relação de árbitros convocados. Raphael Claus e Wilton Pereira Sampaio representarão o Brasil dentro de campo, enquanto Danilo Manis e Bruno Pires serão assistentes . Wagner Reway e Rafael Traci fecham a equipe no VAR. A competição sul-americana tem data prevista para ocorrer entre 13 de junho e 10 de julho.

Veja também:

As 16 seleções masculinas classificadas para as Olimpíadas de Tóquio:

 

Lance!
Publicidade
Publicidade