PUBLICIDADE
Logo do

Joinville

Favoritar Time

Com dois a menos, Avaí cria boas chances, se segura na defesa e empata com o Joinville

Equipe da casa perdeu Douglas Friedrich, que foi expulso ainda no primeiro tempo, e Marcos Serrato, já no final do jogo

12 fev 2022 18h59
ver comentários
Publicidade

Na Ressacada, Avaí e Joinville se enfrentaram em partida válida pela 7ª rodada do Campeonato Catarinense de 2022. Com um a menos desde o primeiro tempo, quando perdeu o goleiro Douglas expulso, o time da casa conseguiu segurar a pressão e, mesmo criando boas chances, ficou no 0 a 0, tendo Marcos Serrato expulso nos minutos finais. O resultado não foi bom para ambos, já que o Leão da Ilha fica com seis pontos, em 9° lugar. Enquanto isso, o JEC tem a mesma quantia, em 10°.

(Foto: Divulgação/Vitor Forcellini/Joinville)
(Foto: Divulgação/Vitor Forcellini/Joinville)
Foto: Lance!

Agora, as duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira (16). Fora de casa, o Avaí enfrenta o Camboriú, às 21h30. No mesmo horário, o Joinville recebe o Grêmio Juventus.

LEÃO COMEÇA COM TUDO

O Avaí começou o jogo impondo pressão no Joinville. Logo aos dois minutos, Paulo Baya recebeu fora da área e, com espaço, soltou a bomba. A bola explodiu na trave. Pouco depois, Copete teve a oportunidade em lance de escanteio, mas acabou não conseguindo a finalização.

Do outro lado, mesmo discreto com a posse de bola, o Joinville conseguiu chegar duas vezes, assim como o rival. Victor Rangel tentou de longe, mas mandou para fora. Minutos depois, Renan Castro fez lance pela esquerda e cruzou. Pedro Vitor cabeceou para fora.

ABUSANDO DOS ERROS

A partir dos 25 minutos, o Avaí começou a abusar dos erros. A equipe da casa errou lances simples, mas, mesmo assim conseguiu levar perigo novamente com Paulo Baya, que apareceu em cruzamento de Vinícius Leite, mas mandou para fora.

Com o adversário cometendo falhas, o Joinville passou a criar suas oportunidades. Por duas vezes, Chrystian chegou com perigo, mas parou em Douglas. Contudo, aos 41 minutos, o atacante ficou frente a frente com o goleiro, que deixou a área e cometeu falta, sendo expulso. Mesmo assim, o jogo foi em 0 a 0 para o intervalo.

MESMO COM UM A MENOS...

A volta para o segundo tempo seguiu mostrando o que foi o final da primeira etapa. Com um jogador a mais, o Joinville teve maior posse de bola, mas só conseguiu chegar com perigo efetivo em cruzamento de Alison completado por Elivelton, de cabeça. Entretanto, a tentativa foi para fora.

Apostando nos contra-ataques e nos lances em velocidade, o Avaí demorou a encaixar um lance, mas quando conseguiu quase abriu o placar. Copete soltou a bomba de longe, obrigando Caio a voar para espalmar.

GOLEIROS SEGURAM O EMPATE

Antes dos 30 minutos, o Joinville criou ainda duas boas oportunidades de abrir o placar. Em lance individual, Guilherme Xavier chutou com perigo, ao lado do gol de Vladimir. Pouco depois, o goleiro do Avaí fez duas defesas seguidas em finalizações de Tadeu e Uelber.

Mesmo com um jogador a menos, o Avaí conseguiu fazer certa pressão na reta final do duelo na Ressacada. Em chute de longe, Rômulo obrigou Caio a espalmar a bola e assegurar o 0 a 0 na Ressacada. Antes do término da partida, Marcos Serrato também levou o cartão vermelho por falta violenta em Vinícius Vargas.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ X JOINVILLE

Local: Ressacada, em Florianópolis (SC)

Data e hora: 12/02/2022 - 16h30 (de Brasília)

Árbitro: Gustavo Ervino Bauermann (SC)

Assistentes: Clair Dapper (SC) e Valdoir Caldatto (SC)

Cartões amarelos: Eduardo, Raniele (Avaí), Pedro Vitor, Jaques, Thiago Costa (Joinville)

Cartões vermelhos: Douglas Friedrich, Marcos Serrato (Avaí)

GOLS: -

AVAÍ (Técnico: Fabrício Bento)

Douglas Friedrich; Matheus Ribeiro (Renato, aos 23'/2°T), Arthur Chaves, Raniele e Cougo; Eduardo (Marcos Serrato, aos 34'/2°T), Bruno Silva e Paul Baya (Muriqui, aos 0'/2°T); Vinícius Leite (Vladimir, aos 44'/1°T), Copete (Gustavo Santos, aos 23'/2°T) e Romulo.

JOINVILLE (Técnico: Gilmar Dal Pozzo)

João Lucas (Caio, aos 14'/1°T); Alison, Pedro Vitor (Jaques, aos 0'/2°T), Elivelton e Renan Castro (Guilherme Dal Pian, aos 13'/2°T); Thiago Costa, Guilherme Xavier e Victor Rangel (Tadeu, aos 23'/2°T); Chrystian, Uelber e Mailson (Vinícius Vargas, aos 24'/2°T).

Lance!
Publicidade
Publicidade