0
Logo do Jogos Pan-Americanos
Foto: terra

Jogos Pan-Americanos

Jogos Pan-Americanos

Leonardo de Deus leva ouro; Joanna e Chierighini são bronze

Al Bello / Getty Images

Nadador brasileiro vence prova emocionante dos 200 m borboleta. Revezamento feminino 4x100 m, Joanna e Chierighini são bronze

14 jul 2015
21h15
atualizado em 15/7/2015 às 00h07
  • separator
  • 0
  • comentários

O Brasil conquistou cinco medalhas no primeiro dia de finais da natação nos Jogos Pan-Americanos de Toronto. Os destaques foram o ouro de Leonardo de Deus nos 200 m borboleta, com o tempo de 1mins55s01, ao bater nos metros finais o peruano Mauricio Fiol, e o lugar mais alto no pódio do revezamento 4x100 m livre masculino.

Nos 200 m borboleta, Leonardo de Deus, 24 anos, foi o campeão pan-americano na mesma prova em Guadalajara 2011 e precisou se desdobrar para superar o rival por poucos milésimos e levar o bi. De quebra, quebrou, no Centro Aquático de Toronto, o recorde pan-americano que pertencia a Kaio Almeida (1min55s45), registrado no Pan do Rio de Janeiro, em 2007.

"Poder repetir quebrando um recorde pan-americano, sem estar na minha melhor forma e tendo um Mundial daqui duas semanas... Essa medalha me motivou muito mais para daqui duas semanas eu estar disputando com os melhores do mundo da minha prova", disse Leo de Deus. "Aquele olhão depois foi por bater na trave do 1min54s e por não esperar uma disputa tão dura, 14 centésimos que diferenciou. Não esperava", contou após receber a medalha dourada.

Leonardo de Deus levou o bi do Pan-Americano nos 200 m borboleta
Leonardo de Deus levou o bi do Pan-Americano nos 200 m borboleta
Foto: Al Bello / Getty Images

Outros destaques nas provas individuais foram as medalhas de bronze de Joanna Maranhão (200 m borboleta) e de Marcelo Chierighini (100 m livre). No 4x100 m livre feminino, o quarteto formado por Etiene Medeiros, Daynara de Paula, Graciele Herrmann e Larissa Martins foi terceiro lugar, ficando muito próximo de Canadá e Estados Unidos, respectivamente ouro e prata.

Confira os resultados das provas:

200 m borboleta masculino
1 - Leonardo de Deus (BRA) - Ouro
2 - Mauricio Fiol (PER) - Prata
3 - Zach Chetrat (CAN) - Bronze

200 m borboleta feminino
Com o sexto tempo nas eliminatórias, a brasileira Joanna Maranhão teve uma ótima performance e conquistou a medalha de bronze ao cravar 2min09s38, batendo o recorde sul-americano. O primeiro lugar ficou com a canadense Audrey Lacroix (2min07s68) e a prata com Katherine Mills, dos Estados Unidos, em 2min09s31.

1 - Audrey Lacroix (CAN) - Ouro
2 - Katherine Mills (EUA) - Prata
3 - Joanna Maranhão (BRA) - Bronze

Joanna Maranhão é bronze nos 200 m borboleta
Joanna Maranhão é bronze nos 200 m borboleta
Foto: Satiro Sodre / SSPress

100 m masculino
O brasileiro Marcelo Chierighini foi medalhista de bronze e Matheus Santana, que liderou nos primeiros 50 m, perdeu rendimento e ficou em sétimo. O ouro foi conquistado pelo argentino Federico Grabich, com 48s26. A marca passou distante do recorde da competição  (47s84), que pertence ao brasileiro Cesar Cielo, que está fora deste Pan, registrado em Guadalajara 2011.

"O tempo não foi bem o que eu queria, mas estou satisfeito com o bronze. Virei bem, mas pesou um pouco no final", disse Chierighini, após subir ao pódio do Centro Aquático de Toronto com o tempo de 48s80.

1 - Federico Grabich (ARG) - Ouro
2 - Santo Condorelli (CAN) - Prata
3 - Marcelo Chierighini (BRA) - Bronze

Marcelo Chierighini faturou o bronze nos 100 m
Marcelo Chierighini faturou o bronze nos 100 m
Foto: Al Bello / Getty Images

100 m livre feminino
Na primeira prova da noite, a canadense Chantal van Landegheum surpreendeu a medalhista olímpica Natalie Coughlin (que havia batido o recorde da competição nas eliminatórias) e venceu os 100 m livre com o tempo de 53s83. A melhor brasileira foi Larissa Martin, em quinto, com 54s61, seguida da compatriota Graciele Herrmann.

1 - Chantal van Landegheum (CAN) - Ouro
2 - Natalie Coughlin (EUA) - Prata
3 - Arianna Vanderpool (BAH) - Bronze

Revezamento 4x100 m feminino
As brasileiras Etiene Medeiros, Daynara de Paula, Graciele Herrmann e Larissa Martins foram batidas por pouco pelas canadenses e americanas, mas merecem festejar a medalha de bronze com a excelente performance.

Foto: Twitter/@timebrasil / Reprodução

Revezamento 4x100 m masculino
Quarteto formado por Matheus Santana, João de Luca, Bruno Fratus e Marcelo Chierighini bateu o recorde pan-americano e conquistou a medalha de ouro. A prata ficou com a equipe canadense, enquanto o bronze foi conquistado pelos americanos.

Revezamento do Brasil ainda bateu o recorde da competição
Revezamento do Brasil ainda bateu o recorde da competição
Foto: Al Bello / Getty Images

 

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade