PUBLICIDADE

Mayra Aguiar lamenta eliminação por equipes: "Odeio perder"

Mayra Aguiar se mostrou emocionada com o revés deste sábado em Tóquio

31 jul 2021 04h05
| atualizado às 04h26
ver comentários
Publicidade

O Brasil tinha esperança de uma medalha na disputa por equipes de judô dos Jogos Olímpicos. Mas o resultado não veio: o time acabou derrotado na estreia pela Holanda e, na sequência, caiu na repescagem contra Israel. Bronze na categoria até 78kg, Mayra Aguiar se mostrou emocionada com o revés deste sábado em Tóquio.

Mayra Aguiar na disputa por equipes neste sábado Sergio Perez/Reuters
Mayra Aguiar na disputa por equipes neste sábado Sergio Perez/Reuters
Foto: Sergio Perez / Reuters

"Eu odeio perder, não assisto competição antes de lutar porque eu sinto muito naquele momento, vivo muito", lamentou a estrela brasileira, que deixou uma mensagem de otimismo.

"A gente tem potencial, poderia chegar no lugar mais alto do pódio. Seria um feito histórico na primeira vez da competição por equipes e estávamos com muita vontade. Mas eu sei que cada um deu tudo de si", emendou a judoca, que conquistou a terceira medalha de bronze nos Jogos.

Mayra Aguiar teve que se superar na competição por equipes, já que entrou no lugar da peso pesado Maria Suelen Altheman, lesionada durante a participação em Tóquio. Portanto, precisou lutar contra rivais mais pesadas e, ainda assim, conseguiu duas vitórias.

"Estava com receio de lutar na categoria de cima, mas quando boto o quimono, o espírito competitivo fala mais alto. Consegui lutar bem, fui até o final. Mesmo dois shidôs atrás na primeira luta, fui pra cima e consegui o ippon. Na segunda, o objetivo era ganhar de shidô, mas vi que estava boa a pegada e consegui jogar de ippon", explicou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade