PUBLICIDADE

Dani Alves não vê expulsão como obstáculo e elogia Seleção

25 jul 2021 07h50
| atualizado às 07h59
ver comentários
Publicidade

Na manhã deste domingo, a Seleção Brasileira ficou no empate sem gols com a Costa do Marfim, em partida válida pela segunda rodada do futebol masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio. O Brasil ficou com um a menos em campo logo aos 13 minutos da primeira etapa, quando Douglas Luiz foi expulso.

Daniel Alves no empate contra Costa do Marfim nos Jogos Olímpicos de Tóquio neste domingo Lucas Figueiredo/CBF
Daniel Alves no empate contra Costa do Marfim nos Jogos Olímpicos de Tóquio neste domingo Lucas Figueiredo/CBF
Foto: Lucas Figueiredo / CBF

Apesar do episódio, Daniel Alves acredita que o cartão vermelho recebido precocemente não foi um empecilho para a atuação da equipe comandada por André Jardine.

"Não acredito que a expulsão tenha sido dificultosa no jogo, já que a gente conseguiu construir as melhores oportunidades de gol com um homem a menos. São circunstâncias do jogo, e a gente tem que se sobrepor", afirmou Daniel Alves à Rede Globo.

"Uma jogada em que tenho minhas dúvidas se foi expulsão ou não, mas faz parte do jogo, não estamos aqui para valorizar isso, e sim o grande trabalho que fizemos hoje", completou.

Com o resultado, o Brasil chegou aos quatro pontos, na liderança do grupo D. O próximo compromisso do time é contra a Arábia Saudita, na quarta-feira da semana que vem, às 5h.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade