PUBLICIDADE

Biles se contunde; Djokovic vai encarar brasileira

Ginasta norte-americana durante a final por equipes ao realizar sua apresentação no salto. Na hora da aterrisagem, a ginasta se contundiu

27 jul 2021 11h06
| atualizado às 16h01
ver comentários
Publicidade

Simone Biles, ginasta norte-americana, era cotada para ganhar seis medalhas de ouro e ampliar ainda mais o seu reinado na modalidade. Após errar na classificação, Biles voltou a ter uma nota abaixo da expectativa na manhã desta terça-feira durante a final por equipes ao realizar sua apresentação no salto. Na hora da aterrisagem, a ginasta se abaixou e quase caiu.

Simone Biles após se retirar da final por equipes da ginástica da Olimpíada de Tóquio
27/07/2021 Danielle Parhizkaran-USA TODAY Sports
Simone Biles após se retirar da final por equipes da ginástica da Olimpíada de Tóquio 27/07/2021 Danielle Parhizkaran-USA TODAY Sports
Foto: Reuters

Ouro no surfe dos EUA

Os Estados Unidos conquistaram a primeira medalha de ouro do surfe feminino em Jogos Olímpicos, nesta madrugada de terça-feira, pelo horário de Brasília (tarde de terça no Japão), com a surfista Carissa Moore. Na bateria decisiva, ela ganhou da sul-africana Bianca Buitendag. A primeira campeã da modalidade na história olímpica somou 14.93, após ter as notas 7.60 e 7.33. Já Buitendag recebeu 5.23 e 3.23, ficando com 8.46.

Carissa Moore mostra medalha de ouro conquistada nesta terça-feira no surfe Lisi Niesner/Reuters
Carissa Moore mostra medalha de ouro conquistada nesta terça-feira no surfe Lisi Niesner/Reuters
Foto: Lisi Niesner / Reuters

Lydia Jacoby

Lydia Jacoby, dos Estados Unidos,  ganhou os 100 m peito - ela tem 17 anos e tinha comprado ingresso para ir para Olimpíada com os pais, mas como foi adiado, ela foi como atleta e ficou com a medalha de ouro.

Americana Lydia Jacoby celebra medalha de ouro nesta terça-feira na natação Aleksandra Szmigiel/Reuters
Americana Lydia Jacoby celebra medalha de ouro nesta terça-feira na natação Aleksandra Szmigiel/Reuters
Foto: Aleksandra Szmigiel / Reuters

1º ouro de Filipinas
Hidilyn Diaz, atleta da categoria de 55kg de levantamento de peso, conquistou o ouro inédito nesta segunda-feira para Filipinas. Após uma disputa acirrada com a chinesa Liao Qiuyun, a atleta das Filipinas se saiu melhor e conseguiu levantar 1kg a mais que a adversária, fazendo com que garantisse o primeiro lugar. Hiddilyn terminou a competição com 224 pontos (97 kg do arranco e 127 kg do arremesso) e Liao com 223 (97 kg e 126 kg). Ao finalizar a prova, ela levou as mãos ao rosto e começou a chorar, assim como seu técnico que também se emocionou com a conquista.

Hidilyn Diaz, comemora muito o primeiro ouro das Filipinas em Olimpíada Edgard Garrido Reuters
Hidilyn Diaz, comemora muito o primeiro ouro das Filipinas em Olimpíada Edgard Garrido Reuters
Foto: Edgard Garrido / Reuters

Pódio completo para a Suíça

Na prova de cross country olímpico, o pódio foi completo para a Suíça. A medalha de ouro ficou com Jolanda Neff, vencedora da prova, seguida pela compatriota Sina Freim que completou a prova com 1min11 de desvantagem para conquistar a prata. Linda Indergand terminou na terceira posição e obteve a medalha de bronze.

Jolanda Neff, Sina Frei e Linda Indergand conquistam ouro, prata e bronze no cross country Christian Hartmann/Reuters
Jolanda Neff, Sina Frei e Linda Indergand conquistam ouro, prata e bronze no cross country Christian Hartmann/Reuters
Foto: Christian Hartmann / Reuters

Dobradinha britânica nos 200m livre

A prova dos 200 metros livre dos Jogos Olímpicos de Tóquio teve uma dobradinha britânica, formada por Tom Dean e Duncan Scott. Os medalhistas de ouro e prata, respectivamente, completaram a distância em 1min44s22 e 1min44s26.

Tom Dean e Duncan Scott, da Inglaterra, festejam ouro e prata no pódio da natação em Tóquio Kai Pfaffenbach Reuters
Tom Dean e Duncan Scott, da Inglaterra, festejam ouro e prata no pódio da natação em Tóquio Kai Pfaffenbach Reuters
Foto: Kai Pfaffenbach / Reuters

Duffy leva ouro

Flora Duffy se tornou a campeã olímpica do triatlo feminino nesta segunda-feira. A atleta de Ilhas Bermudas terminou a modalidade na primeira colocação e faturou a medalha de ouro nos Jogos de Tóquio-2020, a primeira na história de seu país, ao fechar a disputa com o tempo de 1h55min36.

Flora Duffy comemora após conquistar a histórica medalha de ouro para as Ilhas Bermuda
Flora Duffy comemora após conquistar a histórica medalha de ouro para as Ilhas Bermuda
Foto: Hannah Mckay/Reuters

Bronze para a Itália

No quarto dia oficial das Olimpíadas de Tóquio, no Japão, a italiana Maria Centracchio finalizou em terceiro lugar na competição de judô, na categoria 63kg, e faturou mais uma medalha de bronze para a Itália.

Maria Centracchio, da Itália, coloca medalha de bronze no pescoço nesta terça-feira no judô Annegret Hilse/Reuters
Maria Centracchio, da Itália, coloca medalha de bronze no pescoço nesta terça-feira no judô Annegret Hilse/Reuters
Foto: Annegret Hilse / Reuters

Stefani encara Djokovic

Luisa Stefani, número 23 do mundo no ranking de duplistas feminino do tênis, e Marcelo Melo, o 19º da listagem masculina, vão enfrentar a dupla liderada por Novak Djokovic no torneio de parcerias mistas dos Jogos Olímpicos de Tóquio, no Japão. O confronto foi definido após sorteio desta chave da competição, realizado nesta terça-feira.

Djokovic durante Jogos Olímpicos de Tóquio Mike Segar/Reuters
Djokovic durante Jogos Olímpicos de Tóquio Mike Segar/Reuters
Foto: Mike Segar / Reuters

Osaka eliminada

Uma das principais estrelas da Olimpíada de Tóquio, a japonesa Naomi Osaka se despede de forma precoce da competição. Na madrugada desta terça-feira, pelo horário de Brasília, a tenista da casa foi superada pela checa Marketa Vondrousova por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/4, em 1h08min de confronto no Ariake Tennis Park.

Naomi Osaka deixa a quadra após perder na terceira rodada do torneio de tênis da Tóquio 2020
27/07/2021 REUTERS/Mike Segar
Naomi Osaka deixa a quadra após perder na terceira rodada do torneio de tênis da Tóquio 2020 27/07/2021 REUTERS/Mike Segar
Foto: Reuters

Condições climáticas

O verão quente, úmido e bastante instável do Japão tem mexido com os Jogos Olímpicos de Tóquio. Primeiro, por causa do calor escaldante. Agora com risco de fortes ventos e chuva.

Sexismo no controle dos uniformes

"Vamos continuar a lutar, juntos, para mudar as regras de vestuário, para que os atletas possam jogar com as roupas com as quais se sentem confortáveis". Essa foi a declaração dada pela Federação Norueguesa de Handebol depois que a equipe feminina da modalidade de praia de seu país foi multada em 1,5 mil euros (cerca de R$ 9,2 mil) ao se recusar a usar biquíni no campeonato europeu.

Uniformes dos times masculino e feminino de handebol de praia são bem diferentes
Uniformes dos times masculino e feminino de handebol de praia são bem diferentes
Foto: Niclas Dovsjö / Norwegian Handball Federation / BBC News Brasil

Covid-19

O Comitê Organizador da Olimpíada de Tóquio registrou, em boletim divulgado nesta terça-feira, mais dois casos confirmados de covid-19 entre atletas participantes do evento. Os nomes não são divulgados na atualização fornecida pelos organizadores, mas um dos contaminados é o tenista holandês Jean-Julien Rojer, antiga dupla do brasileiro Marcelo Melo nos torneios da modalidade.

Fonte: Equipe portal
Publicidade
Publicidade