PUBLICIDADE

Beatriz Ferreira perde para irlandesa e leva a prata no boxe

Brasileira vence primeiro round, mas é derrota nos dois últimos assaltos por Kellie Harrington e termina em 2º lugar na Olimpíada de Tóquio

8 ago 2021 02h22
| atualizado às 02h37
ver comentários
Publicidade

Beatriz Ferreira foi medalha de prata ao ser superada pela irlandesa Kellie Harrington na final do boxe na categoria peso leve (entre 57kg e 60kg), neste domingo de madrugada (pelo horário de Brasília), nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Depois de vencer o primeiro round, a brasileira foi batida nos dois assaltos seguintes.

Brasileira (de azul) tenta se defender de golpe da irlandesa na final olímpica
Brasileira (de azul) tenta se defender de golpe da irlandesa na final olímpica
Foto: Buda Mendes/Reuters

O primeiro round teve um início estudado, com as duas atletas guardando distância. Depois, Beatriz passou a ser mais agressiva, buscando chamar a atenção dos árbitros com bons golpes. No julgamentos de três dos cinco juízes, a brasileira foi superior no assalto.

Precisando partir para cima, a irlandesa foi mais agressiva no começo do segundo round. Depois de se adaptar, Beatriz também buscou os seus golpes e tornou a disputa equilibrada. Por mais que a brasileira tenha conseguido bons ataques, os juízes foram unânimes ao darem a vitória do assalto para a europeia.

A tática de Beatriz foi buscar o ataque desde o início do terceiro round, por mais que tenha permitido alguns contra-ataques da irlandesa. Ao final do assalto, os juízes decidiram por unanimidade que Harrington venceu o round e, consequentemente, a luta.

Na madrugada anterior, Hebert Conceição conquistou o ouro na categoria entre 69 e 75kg ao derrotar o ucraniano Oleksandr Khyzhniak. Depois de perder os dois primeiros rounds, o brasileiro nocauteou o adversário com um potente golpe de esquerda.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade