0
Logo do Olimpíada 2016
Foto: terra

Olimpíada 2016

Os anunciantes aqui reunidos não possuem relação com os Jogos Rio 2016 e patrocinam apenas este caderno especial.

COI propõe escolha simultânea das sedes dos Jogos Olímpicos de 2024 e 2028

9 jun 2017
14h26
  • separator
  • comentários

A assembleia-geral do Comitê Olímpico Internacional (COI) debaterá e votará nos próximos dias 11 e 12 de julho, em uma sessão extraordinária em Lausanne, na Suíça, se as sedes dos Jogos Olímpicos de 2024 e 2028 serão escolhidas de forma simultânea em setembro deste ano.

Paris e Los Angeles, cidades que apresentaram candidaturas para 2024, disputarão agora as duas edições, anunciou nesta sexta-feira o presidente do COI, Thomas Bach.

A Comissão Executiva do COI, reunida também em Lausanne, estudou hoje um relatório elaborado por seus quatro vice-presidentes. Como foi sugerido, foi aprovada por unanimidade recomendar à assembleia a decisão de escolher as sedes de forma simultânea, um movimento sem precedentes na história olímpica.

"O grupo de trabalho formado pelos quatro vice-presidentes considera que a coincidência de duas grandes cidades, dois grandes países, duas candidaturas entusiastas que promovem o espiríto olímpico, é uma oportunidade de ouro para os Jogos e para o COI", disse Bach em entrevista coletiva.

"Esse julgamento coincide com o da Comissão de Avaliação das Candidaturas. As duas cidades abraçaram a Agenda 2020, sobretudo no que se refere à redução de custos. Por essas e por muitas outras razões, a Comissão Executiva aprovou por unanimidade recomendar a concessão ao mesmo tempo dos Jogos de 2024 e 2028", anunciou.

Se a proposta for aprovada, Bach considera que o COI lançará um sinal muito claro de estabilidade para a opinião pública. "Assistimos a uma concorrência fascinante entre Paris e Los Angeles. É difícil imaginar algo melhor", completou.

Sobre as compensações para a sede que ficar com o evento em 2018, o presidente do COI afirmou que pode haver algumas mudanças nos contratos e nas condições, mas que isso é um assunto para o futuro.

Paris e Los Angeles são as únicas candidatas a sediar os Jogos Olímpicos de 2024 após a desistência de seus três rivais - Hamburgo, Roma e Budapeste - por decisões políticas ou dos cidadãos em referendos.

Preocupado com a falta de cidades interessadas em organizar o evento, o COI começou no início do ano a sinalizar dividir os Jogos Olímpicos de 2024 e 2028 entre Los Angeles e Paris, reformulando, enquanto isso, as formas e condições para a escolha das sedes.

A opção de Paris ficar com os Jogos de 2024 e Los Angeles de 2028 é a mais provável. Na última quarta-feira, o presidente da candidatura norte-americana, Casey Wasserman, admitiu que não há ou "agora ou nunca" para que a cidade organize as competições.

Segundo Bach, será apresentada uma situação invejável para as duas cidades. "É ganhar ou ganhar. Nenhuma corre o risco de ser derrotada em uma eleição", destacou.

O espanhol Juan Antonio Samaranch, o australiano John Coates, o chinês Yu Zaiqing e o turco Ugur Erdener são os quatro vice-presidentes do COI que recomendaram a "saída dupla".

Desde o processo de escolha para os Jogos Olímpicos de 1988, quando Seul venceu Nagoia, o número de candidatas nunca tinha sido tão pequeno.

Paris indicou desde o início que gostaria de sediar apenas os Jogos de 2024. A Vila Olímpica planejada em Saint-Denis não pode ficar quatro anos parada. Os apartamentos serão vendidos para a população e a entrega dos imóveis já está programada para logo depois das datas de competição.

A assembleia do COI é formada por 95 membros. Se eles aprovarem a proposta feita hoje, Paris e Los Angeles serão escolhidas como sede das duas próximas edições dos Jogos Olímpicos em evento marcado para ocorrer no dia 13 de setembro, em Lima, no Peru.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade