0

Com início arrasador, Cuiabá vence Guarani na estreia de Chamusca

Equipe do Mato Grosso encerra jejum de cinco jogos sem vitória e sobe para a 11ª posição na Série B

17 out 2019
23h53
atualizado às 23h53
  • separator
  • 0
  • comentários

O Cuiabá fez bonito na estreia do técnico Marcelo Chamusca e, com dois gols antes dos dez minutos do primeiro tempo, ganhou do Guarani, por 2 a 1, nesta quinta-feira, na Arena Pantanal, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

O curioso é que Marcelo Chamusca havia sido demitido do comando do CRB na semana passada justamente depois de ter sido derrotado pelo Guarani, por 1 a 0. Agora, então, "deu o troco" no time de Campinas.

Após encerrar um jejum de cinco jogos sem vitória, o Cuiabá chegou aos 39 pontos e subiu para o 11º lugar. Já o Guarani sofreu a segunda derrota seguida e estacionou nos 35, podendo se aproximar da zona de rebaixamento.

O Guarani entrou em campo irreconhecível e o Cuiabá não perdoou. Logo aos três minutos, em cobrança falta ensaiada, Jean Patrick recebeu de Paulinho, cortou a marcação e bateu no ângulo de Klever. Aos sete, Jefinho aproveitou indecisão de Luiz Gustavo e o goleiro bugrino para ficar com a bola. O atacante só empurrou para o gol aberto.

E o Cuiabá poderia ter ido para o intervalo com uma vantagem ainda maior. Aos 38, em uma saída errada da defesa campineira, Thallyson tocou com a mão na bola dentro da área. O lateral Paulinho cobrou forte, mas acertou a trave de Klever. E o Guarani deixou o primeiro tempo sem exigir defesas de Matheus Nogueira.

A bronca de Thiago Carpini no intervalo pareceu ter surtido efeito e o Guarani voltou mais ligado para a etapa final. Arthur Rezende levou perigo em chute forte antes de Filipe Cirne diminuir aos 29. O meia bateu colocado e acertou o ângulo da meta do goleiro adversário, que nada pôde fazer.

Empolgado, o Guarani partiu para cima em busca pelo menos do empate e deixou a partida aberta. Apesar da pressão, a equipe campineira não conseguiu marcar o segundo gol.

Os dois times voltam a campo no sábado da semana que vem, pela 31ª rodada. O Cuiabá enfrentará o Brasil de Pelotas, às 16h30, no Bento Freitas. No mesmo horário, o Guarani encara o São Bento, no Walter Ribeiro, em Sorocaba.

FICHA TÉCNICA:

CUIABÁ 2 X 1 GUARANI

CUIABÁ - Matheus Nogueira; Tony, Ednei, Anderson Conceição e Paulinho; Escobar, Jean Patrick (Moisés) e Alê; Felipe Marques (Mateus Anderson), Lucas Braga e Jefinho (Alex Ruan). Técnico: Marcelo Chamusca.

GUARANI - Klever; Lenon, Luiz Gustavo, Diego Giaretta e Thallyson; Felipe Guedes, Ricardinho (Filipe Cirne), Arthur Rezende e Lucas Crispim (Deivid Souza); Davó (Vitor Feijão) e Michel Douglas. Técnico: Thiago Carpini.

GOLS - Jean Patrick, aos três, e Jefinho, aos sete minutos do primeiro tempo; Filipe Cirne, aos 29 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Paulo Henrique de Melo Salmazio (MS).

CARTÕES AMARELOS - Anderson Conceição, Paulinho e Escobar (Cuiabá); Felipe Guedes e Arthur Rezende (Guarani).

RENDA - R$ 16.795,00.

PÚBLICO - 1.762 pagantes.

LOCAL - Arena Pantanal, em Cuiabá (MT).

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade