PUBLICIDADE
Logo do Grêmio

Grêmio

Favoritar Time

Arena do Grêmio inicia processo de troca do gramado

Enchentes que atingiram o Rio Grande do Sul alagaram o gramado do estádio do Imortal por mais de 20 dias e causaram grandes prejuízos

12 jun 2024 - 17h03
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Emanuel Prestes / Arena do Grêmio - Legenda: Arena do Grêmio inicia processo de troca do gramado / Jogada10

A empresa responsável pela gestão da Arena do Grêmio anunciou que houve o início do processo de troca de gramado do estádio, na última terça-feira (11). Importante destacar que as enchentes que atingiram o Rio Grande do Sul, em maio, promoveram alagamento do campo. Situação que se estendeu por mais de 20 dias. Após o momento que a nível da água caiu, os danos tornaram-se mais claros. Especialmente com as péssimas condições além da aparência.

A assessoria da Arena Porto-Alegrense, que faz a administração do estádio, indicou que irá divulgar novos detalhes sobre o processo ainda nesta quarta-feira (12). Desse modo, através das redes sociais, a companhia frisou que nas próximas semanas, a Arena vai receber um gramado em excelentes condições para receber jogos. Vale relembrar que a empresa responsável pela gestão enviou um documento à imprensa no final de maio. No ofício, ressaltou que esperava "uma resposta concreta da empresa (responsável) sobre os prazos de recuperação". Contudo, isso ainda não ocorreu.

Recuperação da parte interna da Arena

A estrutura interna da Arena também continua em recuperação. O perfil oficial do estádio no Intagram, aliás, publicou algumas fotos que mostram a retirada de móveis dos vestiários, que sofreram danos pela água. Outra postagem indicou que houve a retirada de toneladas de entulhos. A propósito, em um período recente, ainda era perceptível as marcas de lama nas arquibancadas de concreto. Assim como nas placas de publicidade que ficam ao redor do campo.

Ainda sequer houve uma confirmação em que esclarece o cenário do abastecimento de energia elétrica onde se encontra o palco. Apesar disso, algumas fotos publicadas apontam lâmpadas acesas na parte interna do estádio. Por sinal, o presidente da Arena do Grêmio, Mauro Araújo, destacou no final de maio que ocorreu a instalação de torres de iluminação. Além de geradores para impedir que atrapalhasse o trabalho de recuperação.

Devido ao cenário de catástrofe, a empresa Arena Porto-Alegrense entrou em contato com o seguro, segundo informação do portal "Gaúcha Zero Hora". Assim, a contratação do serviço permite a liberação de R$ 74 milhões. A previsão é de que R$ 50 milhões sejam utilizados em obras. O uso dos outros R$ 24 milhões serão direcionados para pagar prejuízos pela paralisação das atividades.

A propósito, o Grupo Metha, holding que é proprietária da companhia que administra o estádio, foi que exclusivamente arcou com os gastos para a reestruturação do complexo.

Grêmio vive maratona de viagens

O Tricolor Gaúcho passa por momento itinerante pelo país, já que ainda não pode voltar a treinar em Porto Alegre. O CT Luiz Carvalho encontra-se em situação mais positiva, porém ainda precisa passar por uma intervenção. No atual cenário, a delegação está no Rio de Janeiro, onde treina para o embate com o Flamengo, pela oitava rodada do Brasileiro, no Maracanã, nesta quinta-feira (13), às 20h (de Brasília).

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook .

Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade