3 eventos ao vivo

Valentim diz que o Vasco vai 'melhorar em tudo' e elogia reforços

Treinador está otimista para o início da temporada após brigar para não cair em 2018

11 jan 2019
22h14
atualizado às 22h14
  • separator
  • comentários

No comando do Vasco desde o fim de agosto de 2018, Alberto Valentim participou diretamente da briga contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, situação que o time só escapou na rodada final. O cenário foi ruim, tendo vencido apenas três dos 18 jogos em que dirigiu a equipe, mas também lhe traz aspectos positivos para 2019. Para ele, os jogadores já compreendem melhor os seus comandados, o que lhe dá esperança de obter resultados melhores na próxima temporada.

"Tem algumas coisas que vamos melhorar. Estamos treinando isso. O bom é que muita coisa ficou de positivo. De entenderem minha forma de trabalhar, os treinamentos. É muito melhor começar o ano sabendo algumas regras dos treinos. Isso acelera. Agora, melhorar vamos procurar melhorar em tudo. Na parte defensiva e ofensiva. Para fazermos um ano muito diferente do que fizemos em 2018", disse o treinador.

Valentim ganhou oito reforços para a temporada: os laterais Raúl Cáceres, Cláudio Winck e Danilo Barcelos, os volantes Lucas Mineiro e Fellipe Bastos, os meias Yan Sasse e Bruno César e o atacante Ribamar. E o técnico vascaíno indicou estar satisfeito com o que vem sendo exibido por eles nas atividades. "São jogadores com uma mentalidade para ajudar o Vasco a fazer um campeonato bem diferente do que o do ano passado. Vão procurar ajudar", afirmou.

Em Atibaia (SP), palco da maior parte da pré-temporada do Vasco, o time empatou jogo-treino com o Bragantino por 1 a 1 na quinta-feira. Valentim avisou ser muito cedo para definir se repetirá a formação do começo da atividade na estreia da equipe no Campeonato Carioca, o duelo com o Madureira, como visitante, marcado para o dia 19.

"Para decidir, ainda temos algumas sessões de treino até o dia 19. Preciso ver alguns treinos ainda, conversar com a fisiologia, ver quais jogadores vão estar melhores fisicamente, ver os documentos dos jogadores que chegaram... Aí, sim, vou começar a definir aquele time que jogará", afirmou.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade