PUBLICIDADE

Meia sérvio minimiza liderança e afirma: "Brasil ainda é o favorito do grupo"

19 jun 2018 11h00
| atualizado às 11h00
ver comentários
Publicidade

Com o triunfo sobre a Costa Rica na estreia e o tropeço da Seleção Brasileira, que empatou com a Suíça, a Sérvia terminou a primeira rodada da Copa do Mundo da Rússia na liderança do Grupo E. O fato, porém, não é motivo para empolgação por parte dos jogadores, como afirmou o meio-campista Luka Milivojevic em coletiva de imprensa concedida nesta terça-feira, reforçando o favoritismo verde e amarelo.

"Para mim o Brasil ainda é favorito no nosso grupo, apesar de estarem com 1 ponto. Essa é minha opinião. Não sentimos mais pressão, pelo contrário, estamos menos pressionados, porque vencemos o primeiro jogo, que era muito importante para nós. Mas não podemos ser favoritos em um grupo que tem o Brasil. Nossa prioridade não é ficar em primeiro ou segundo, é avançar de fase", garantiu.

Titular contra a Costa Rica, o meia de 27 anos, que atualmente defende o Crystal Palace-ING, reconheceu que não apostava em um empate entre Brasil e Suíça.

"Honestamente, eu esperava que o Brasil vencesse a Suíça. Estamos em uma boa posição. O mais importante para nós era vencer o primeiro jogo. Jogamos bem, vencemos e vamos tentar fazer o mesmo no segundo. Esperamos avançar de fase", completou.

Pela segunda rodada do Grupo E, a Sérvia vai a Kaliningrado para enfrentar os suíços, às 15h (no horário de Brasília) de sexta-feira. A Seleção Brasileira joga no mesmo dia, quando desafiará a Costa Rica, às 9h, em São Petersburgo. Brasil e Sérvia se encontram na terceira e última rodada, na quarta-feira da próxima semana, em Moscou.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade