0

Milan busca psicólogo para cuidar do temperamento de Balotelli

24 set 2013
09h08
atualizado às 09h29
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>Milan começa a "pagar a conta" pela aposta em Balotelli</p>
Milan começa a "pagar a conta" pela aposta em Balotelli
Foto: AFP

O Milan já começa a "pagar o preço" por ter apostado na contratação de Mario Balotelli no fubak da temporada passada. Após sete meses sem polêmicas e com muitos gols pela equipe rubro-negra, o atacante italiano vem se envolvendo em confusões nos últimos jogos e já começa a preocupar a diretoria rossonera. De acordo com o jornal La Stampa, o clube cogita contratar um psicólogo para acompanhar os passos do jogador.

Segundo a publicação, a ideia seria inspirada em um modelo já utilizado nas categorias de base, no qual cada jovem tem uma espécie de tutor que cuida da evolução e do comportamento do atleta. Para convencer Balotelli a ser submetido a este método, o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, usaria o agente Mino Raiola, com quem o jogador mantém boa relação.

A gota d’água para o clube tomar tal decisão aconteceu no último fim de semana. Após perder o primeiro pênalti de sua carreira e ser expulso na derrota do Milan para o Napoli dentro casa, o atacante discutiu com o árbitro do jogo e teria o ameaçado, utilizando expressões como "farei você pagar". Ele foi suspenso por três partidas e já começou a prejudicar o Milan por seu mau comportamento.

Jovem de 23 anos, Balotelli já se envolveu em inúmeras polêmicas durante seu pouco tempo de carreira. Vestiu camisa de clube rival em programa de televisão e incendiou sua própria casa após brincar com fogos de artifício, por exemplo. Além disso, já recebeu 60 cartões amarelos e foi suspenso por um total de 24 jogos em suas aparições por Inter de Milão, Manchester City, Milan e seleção italiana.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade