1 evento ao vivo

Ex-presidente do Barcelona pede para deixar a prisão

Sandro Rosell está preso por lavagem de dinheiro em esquema que envolve a Seleção Brasileira

28 mai 2018
15h08
atualizado às 16h15
  • separator
  • 0
  • comentários

Preso por conta de um caso de corrupção, que envolve a Seleção Brasileira, o ex-presidente do Barcelona, Sandro Rosell prestou depoimento nesta segunda-feira e pediu para deixar a prisão. O dirigente garantiu não vai fugir da Espanha.

Rosell é acusado de envolvimento em um esquema para lavar cerca de 15 milhões de euros (R$ 64 milhões) referentes a venda de direitos de transmissão e marketing da Seleção Brasileira. O dirigente foi executivo da Nike no Brasil.

Sandro Rosell está preso por lavagem de dinheiro em esquema que beneficiou a Seleção Brasileira
Sandro Rosell está preso por lavagem de dinheiro em esquema que beneficiou a Seleção Brasileira
Foto: Lance!

De acordo com o advogado de Rosell, a audiência foi marcada por conta do surgimento de novos fatos. A defesa do dirigente afirmou que foi pego de surpresa, pois os registros já foram citados antes.

Com isso, Rosell aproveitou para pedir a libertação. A justiça da Espanha já havia negado um outro pedido do dirigente para deixar a prisão, na semana passada.

 

Veja também:

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade