1 evento ao vivo

Barcelona e Real Madrid fazem partida movimentada, mas não saem do zero no Camp Nou

18 dez 2019
18h00
atualizado às 18h00
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Nessa quarta-feira, o Barcelona recebeu o Real Madrid em partida atrasada da décima rodada do Campeonato Espanhol e a partida acabou empatada por 0 a 0. Essa é a primeira vez desde 2002 que El Clásico termina sem gols. De lá para cá, foram 49 partidas seguidas com bolas na rede.

O placar, no entanto, não reflete o que foi a partida. O duelo foi muito movimentado desde o início e as duas equipes criaram muitas oportunidades de gol. O Real Madrid, inclusive, chegou a ter um tento anulado por impedimento.

Nas arquibancadas, a partida ficou marcada por diversas manifestações separatistas pró Catalunha. Faixas com dizeres como "liberdade" foram estendidas, e no início do segundo tempo, o duelo chegou a ser paralisado por conta de bolas amarelas (uma das cores da bandeira catalã) que foram arremessadas em campo. A partida, aliás, havia sido adiada justamente por conta de manifestações de mesmo cunho que tomaram as ruas de Barcelona.

Com o resultado, as duas equipes ficam empatadas com 36 pontos ganhos. O Barça, contudo, aparece na liderança pois leva a melhor nos critérios de desempate. Os catalães voltam a entrar em campo no próximo sábado, novamente dentro de casa, contra o Alavés. Já os merengues, no domingo, recebem o Athletic Bilbao.

Início de jogo movimentado e Real superior

O jogo já começou fazendo jus ao tamanho do clássico disputado na Catalunha. Aos nove minutos, Benzema recebeu de Isco na entrada da área e soltou uma bomba, para a primeira intervenção de Ter Stegen na partida. Já aos 16, após cruzamento da área, Casemiro completou com uma cabeçada certeira, mas Piqué apareceu para tirar em cima da linha.

Aos 18, Casemiro tentou mais uma vez, dessa vez por baixo, e Lenglet apareceu para cortar antes de Ter Stegen. Já aos 25, o goleiro alemão apareceu duas vezes: a primeira ao cortar um cruzamento de Benzema, e a segunda em mais uma finalização de Casemiro.

Barcelona começa a criar e equilibra a partida

Aos 30 minutos, em uma das primeiras chances de perigo criadas pelo time da casa, Courtois afastou de soco o cruzamento de Alba, Messi pegou a sobra de primeira e a defesa do Real Madrid conseguiu afastar em cima da linha.

Aos 40, o camisa 10 descolou um grande lançamento por trás da defesa para Alba, que em boas condições de finalização, pegou muito mal na bola e desperdiçou a oportunidade. Logo na sequência, na última chance da primeira etapa, os visitantes conseguiram responder com uma bomba de Valverde de fora da área que parou no goleiro catalão.

Duelo lá e cá no segundo tempo

Aos 14 minutos da etapa complementar, em uma das principais chances do jogo, Griezmann recebeu na área e rolou para a chegada de Messi. Em boas condições de finalização, contudo, o camisa 10 acabou por perder a passada e pegou muito mascado na bola, que saiu sem perigo.

O Real Madrid respondeu aos 22, quando Valverde descolou passe açucarado para Bale, que chegou soltando uma bomba. A bola, no entanto, parou na rede pelo lado de fora. Quatro minutos depois, De Jong tabelou com Suárez e finalizou rasteiro, mas Courtois defendeu sem maiores problemas.

Real tem gol anulado e placar segue intacto

Aos 26 minutos, Mendy recebeu pela esquerda, invadiu a área e rolou para Bale completar para o fundo das redes. O tento madridista, contudo, acabou anulado na sequência, pois o lateral francês estava em posição de impedimento. O Barça respondeu dois minutos depois, em contra-ataque que terminou com finalização de Suárez por cima do gol.

Após o gol anulado, a partida esquentou ainda mais. O árbitro começou a colocar a mão no bolso, amarelando jogadores dos dois times. Sergio Ramos, inclusive, foi um dos advertidos, um pouco antes da entrada do brasileiro Rodrygo, aos 34 minutos.

Além do jovem ex-Santos, Modric também ganhou uma chance, mas nenhum dos dois conseguiu produzir muito. Pelo lado catalão, Fanti entrou na vaga de Griezmann e também não conseguiu mudar o jogo. Assim, após cinco minutos de acréscimo, a partida acabou mesmo em zero a zero.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade