0

Relembre conquistas históricas de brasileiros em Mundiais de Clubes

12 dez 2018
08h07
atualizado às 08h07
  • separator
  • 0
  • comentários

O futebol brasileiro conquistou o Mundial de Clubes em dez ocasiões. Nas duas primeiras, quando ainda era apenas intercontinental, a taça chegou ao país por intermédio do esquadrão do Santos de Pelé, que em 1962 e 1963 superou Benfica e Milan, respectivamente, na final. Demoraram 18 anos para os brasileiros voltarem a ter um campeão mundial. Pelos pés de Zico e companhia que o Flamengo bateu o Liverpool na decisão de 1981.

Dois anos mais tarde o Sul do Brasil comemorou mais do que o resto do país a conquista do Grêmio, liderado por Renato Gaúcho. O time gremista superou o Hamburgo, da Alemanha.

"A sensação de ganhar um Mundial de Clubes é enorme, pois mesmo sabendo que ganhamos pela camisa de um time, sabemos que a maior parte do Brasil torceu pela gente. Em oitenta e três acredito que apenas os torcedores do Internacional não vibraram com a conquista do Grêmio. Ainda mais pelo fato de os europeus nos olharem com o nariz em pé nesse tipo de decisão", lembrou Renato Gaúcho, hoje comandando do Grêmio.

O Mestre Telê Santana montou dois esquadrões, em 1992 e 1993, e encantou o futebol brasileiro e mundial. No primeiro ano superou o poderoso Barcelona e na temporada seguinte bateu o Milan.

No atual modelo de disputa, com chancela da Fifa e a presença de todos os continentes, o Brasil é o grande papão de troféus. Em 2000, no Maracanã, o Corinthians superou o Vasco numa decisão brasileira. Em 2005 foi a vez do São Paulo de Rogério Ceni derrotar o "imbatível", à época, Liverpool. Um ano depois, em 2006, o Internacional superou o poderoso Barcelona com 1 a 0, gol de Adriano Gabiru. Em 2010, o Internacional fracassou ao ser eliminado logo no primeiro jogo, diante do modesto Mazembe, do Congo.

Já em 2011, o Santos de Neymar não resistiu ao Barcelona de Messi, sendo goleado impiedosamente por 4 a 0. A última vez que o Brasil conquistou o título foi em 2012, quando o Corinthians comandado pelo técnico Tite fez 1 a 0 no Chelsea, da Inglaterra, na decisão. Em 2013, penúltima vez que o Brasil se fez representar, o Atlético-MG teve que se contentar com o terceiro lugar ao ser derrotado de maneira surpreendente, nas semifinais, pelo Raja Casablanca, do Marrocos.

Na última participação brasileira, no ano passado, o Grêmio, do atacante Luan e dirigido por Renato Gaúcho, perdeu para o Real Madrid por 1 a 0 na grande decisão.

Com hegemonia europeia, Mundial de Clubes começa nesta quarta

Conheça os participantes da edição de 2018 do Mundial de Clubes

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade