PUBLICIDADE

Mãe afirma que Cristiano Ronaldo "agrediu" seu filho após jogo

Na saída de campo no jogo entre Everton e Manchester United, Cristiano Ronaldo derrubou o celular de um jovem torcedor

10 abr 2022 11h16
| atualizado às 11h44
ver comentários
Publicidade

A derrota do Manchester United para o Everton neste fim de semana ficou marcada pelo pós-jogo. Na saída de campo, Cristiano Ronaldo derrubou o celular de um jovem torcedor e, apesar de ter pedido desculpas, a mãe do garoto não gostou.

Sarah Kelly disse ao jornal Liverpool Echo que o jogador "agrediu" e "machucou" seu filho de 14 anos.

"Ronaldo passou com um temperamento terrível e pôs o telefone para fora da mão do meu filho. Eu fiquei abalada e o Jake em choque completo. Ele é autista e tem dispraxia também, realmente não digeriu o que estava acontecendo. Ele não quer voltar a um jogo de futebol. Este foi o primeiro dele e aconteceu isto. Isso arruinou completamente o nosso dia", disse a mãe de Jake, torcedor do Everton.

Mãe afirma que Cristiano Ronaldo "agrediu" seu filho após jogo
Mãe afirma que Cristiano Ronaldo "agrediu" seu filho após jogo
Foto: Carl Recine / Reuters

No Instagram, na noite de sábado, Cristiano Ronaldo escreveu: "Nunca é fácil lidar com emoções em momentos difíceis como o que estamos enfrentando. No entanto, sempre temos que ser respeitosos, pacientes e dar o exemplo para todos os jovens que amam o belo jogo. Gostaria de pedir desculpas pela minha explosão e, se possível, convidar este torcedor para assistir a um jogo em Old Trafford como um sinal de fair-play e desportivismo".

A polícia de Merseyside confirmou que está em contato com o Manchester United e o Everton após relatos do incidente. Um porta-voz disse que "as investigações estão em andamento e os oficiais estão trabalhando para revisar as imagens das câmeras de segurança".

Foto: Gazeta Esportiva

Mão de Jake após ter celular derrubado por Cristiano Ronaldo (Foto: Divulgação/Liverpool Echo)

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade